arquivos rar no mac

Como Abrir Arquivos RAR no Mac

Arquivos RAR no Mac, aprenda como abri-los em dor de cabeça!

 

Graças à internet, é possível baixar diversos programas e arquivos como músicasfilmes e jogos rapidamente, para isso basta fazer o download direto para o Mac. No entanto, ao baixá-los, é comum que alguns deles estejam no formato RAR, especialmente álbuns de música e grandes arquivos. Isso pode surpreender algumas pessoas, já que por padrão o Mac não abre esse formato de arquivo.

 

Por que esses arquivos vem no formato RAR?

Não sei se você sabe, mas o arquivo .RAR é um formato de compactação de arquivos muito utilizado, principalmente nos sites que oferecem downloads Internet a fora. Assim como o arquivo .ZIP, o RAR oferece uma alta taxa de compressão mas com muito mais possibilidades, suportando até 8.589.934.591 GB, muito mais que os mínimos 4 GB suportados pelo .ZIP. Informações da Wkipedia

 

Quando o arquivo baixado está em formato RAR, isso significa que ele sofreu um processo de compactação. Apesar do pequeno contratempo de precisar procurar uma forma de extrair seu conteúdo, esse é um processo bastante vantajoso.

 

Arquivos compactados são menores, acelerando o tempo de download. Além disso, é possível compactar uma pasta com vários arquivos, poupando o trabalho de baixar um por um. Para abrir algo no formato RAR, basta utilizar um programa específico para isso. Felizmente, há várias opções! Neste tutorial, mostraremos como se dá a extração utilizando o The Unarchiver.

 

Para quem produzimos este artigo?

Encontrar arquivos RAR ao fazer downloads é bastante comum. Assim, aprender a abri-los é um conhecimento importante. Mas, não se preocupe! O processo é bastante simples. Mesmo os mais iniciantes não terão muitas dificuldades.

 

Aprenda a abrir arquivos RAR no Mac!

  • Abra a App Store de seu Mac. É nela que você encontra os programas mais seguros.
  • Na caixa de busca, procure por “The Unarchiver”.
  • Baixe-o gratuitamente! Para facilitar, você pode clicar aqui para ir diretamente a página de download
  • Clique com os dois dedos em um arquivo RAR. No menu que será aberto, coloque o mouse em cima de “Abrir Com”.

  • Alguns aplicativos serão sugeridos. Escolha o “The Unarchiver”.
  • Pronto, seu arquivo será descompactado! No mesmo diretório, você deve ver uma pasta com o resultado da extração.

Para que o The Unarchiver seja definido como programa padrão para abrir arquivos RAR, basta clicar com os dois dedos e, em seguida, em “Obter informações”. Na nova janela, você vai em “Abrir com:” e seleciona o The Unarchiver. Em seguida, você clica em “Alterar Tudo…” e confirma. Assim, todos os arquivos RAR serão abertos com o The Unarchiver automaticamente.

 

Considerações Finais

Como falamos, o formato RAR é bastante útil e comum quando se recorre a downloads. Infelizmente, a Apple (ainda) não possui um programa próprio para abrir esse tipo de arquivo. Mas, como você deve ter visto, o processo de extração é muito simples. O The Unarchiver é um programa gratuito e acessível que lhe será de muita ajuda. Você pode sempre visitar o Blog do Super Apple para aprender mais sobre seu Mac. Dúvidas? Conte para a gente nos comentários!

.

 

 

.

.

3 Alternativas Gratuitas ao Microsoft Office no Mac

Microsoft Office no Mac? Conheça 3 boas alternativas gratuitas

 

Deixar o Windows para trás, NÃO é a coisa mais difícil de fazer. Se você usa Mac deve concordar comigo! Não é nada pessoal Microsoft, mas basta uma pessoa comprar um novo Mac, levar alguns dias para se entender com ele e nunca mais vai olhar para trás.

 

O problema só acontece quando sentimos falta de algum software específico que rodava no PC. Como é o caso de algumas pessoas que utilizavam o Microsoft Office no Mac.

 

Veja também:

 

 

Para quem preparamos este material

Comprar o Office para Mac pode até ser fácil, inclusive se você já utiliza o Office 365 no PC com Windows, pode utilizar a mesma licença no Mac. Caso contrário, pode ser um aborrecimento para você. Se você trabalha no ambiente de escritório tradicional com Excel e Word, talvez seja necessário continuar utilizando o Microsoft Office. Mas se você já superou a necessidade de utilizar o Office, e pode escolher, temos o prazer de te apresentar 3 alternativas ao Microsoft Office no Mac.

 

 

Conheça as 3 Melhores Alternativas ao Microsoft Office no Mac

Veja abaixo a lista com as alternativas:

 

1. Google Docs

Se você deseja abandonar de vez o mundo da Microsoft, sem dúvida utilizar os serviços do Google pode ser uma boa! Assim como no Microsoft Office, o Google Docs, também oferece apps para produção e edição de textos, slides e planilhas.

Infelizmente, o Google Docs não oferece um app similar ao Microsoft Outlook, mas não podemos deixar de considerar o Gmail.com, que é um dos serviços de emails mais utilizado no mundo. Ah, e você também pode obter o OneNote no Mac gratuitamente.

 

O kit de office do Google é realmente muito bom. O melhor é que ele se integra bem caso você já utilize uma conta do Google. Você também pode abrir um arquivo do Excel recebido no Gmail, o adicionando no Google Planilhas pressionando apenas um botão, bem legal isso!

 

Também é possível importar arquivos do Microsoft Office para o Google Docs para trabalhar neles, exportá-los novamente nos formatos do Microsoft Office .DOC .XLS e .PPT, juntamente com suas variações…

 

 

2. LibreOffice

Sem dúvida o LibreOffice também é uma excelente opção, principalmente por que, além de ser a melhor alternativa de código aberto, também pode ser instalado gratuitamente no Seu Mac e em outras plataformas.

 

Se você está acostumado com a interface Microsoft Office, não vai demorar para se adaptar ao LibreOffice. Diferente do Google Docs, o pacote do LibreOffice vem com aplicativos que permitem serem utilizados em trabalhos off-line com todos os recursos.

Para se tornar ainda mais interessante, recentemente o LibreOffice adicionou seu ambiente online. Assim, você pode sincronizar arquivos do Google Drive ou do OneDrive e editá-los diretamente no LibreOffice. Infelizmente, neste caso não há recurso de colaboração.

 

O LibreOffice também faz um bom trabalho no que diz respeito à formatação ao importar documentos do Microsoft Office. Mesmo planilhas complexas do Excel importadas no LibreOffice Calc funcionarão muito bem!

 

3. iWork

Se você tem um novo Mac é bem provável que nunca mais volte para o Windows. Não falo isso pelo poder de processamento que o Mac oferece, mas pelo conjunto de aplicações que já vem instaladas no sistema do Mac.

 

Dentre essas aplicações está incluído está o antigo iWork o “Office da Apple” que oferece o Pages, Numbers e Keynote, equivalentes do Word, Excel e PowerPoint, respectivamente.

Como esses são aplicativos exclusivos para Mac, você vai notar que a interface do usuário é bem diferente. Em vez de ser carregado de informações, como o Microsoft Office, as opções aparecem em um menu contextual ao lado que pode ser aberto e fechado sempre que você quiser.

 

Você não terá opções avançadas como Macros e VBAs, como no Excel, mas em geral os três apps estão bem maduros e todos os conceitos básicos estão disponibilizados. Depois que você se acostumar com eles, não vai parar mais! Assim como nas alternativas anteriores, o iWork também permite importar e exportar documentos em formatos do Microsoft Office. O único ponto a considerar é que, por padrão ele salvará os arquivos  no formato do iWork.

 

Em geral, desde que você não use uma fonte específica do Mac, fazer um intercâmbio com documentos do Office não deve ser um grande problema. O iWork também oferece opções de colaboração online, através do iCloud.

 

Videoaula Completa!

Para completar seu aprendizado, também publicamos uma videoaula prática que vai te ajudar a entender melhor o assunto aqui abordado!

5 Problemas Comuns no Mac e Como Resolve-los.

Aprenda como resolver problemas comuns no seu computador Apple, mesmo sendo totalmente iniciante!

 

O Mac não trava, não pega vírus, etc… Muito se fala da qualidade do Mac. Realmente, um dos melhores argumentos que um vendedor pode te dar na hora de te vender um novo Mac é: O Mac Simplesmente Funciona! No fundo eu concordo com o vendedor, o Mac simplesmente funciona!

 

Entretanto, é importante considerar que, por melhor que seja o Mac, você não estará livre de problemas, principalmente, quando não realiza a manutenção preventiva no seu computador Apple .

 

Escrevi este material para mostrar os problemas mais comuns de Mac, também aproveito para trazer as soluções : )

 

O que uma BMW e o Mac tem em comum?

Sempre gosto de comparar o Mac com uma BMW. Ambos são produtos premium, desenvolvidos com qualidade e tecnologia de ponta por empresas que prezam pela experiência do usuário.

5 problemas comuns do mac e como resolve-los

 

Entretanto, por melhores que sejam, com o tempo também precisam de manutenção periódica. É isso que vai garantir que o Mac e a BMW funcionem 100%, correspondendo as expectativas dos engenheiros mecânicos da BMW e dos engenheiros de software (e hardware) da Apple.

 

Sem essa manutenção, tanto o Mac, como a BMW podem dar os mesmos problemas que qualquer PC ou Wolkswagen dão quando não recebem a devida manutenção preventiva. A boa notícia é que você mesmo pode manter em dia as manutenções do seu Mac!

 

Para quem este material foi feito

O que você deve fazer quando algo no seu Mac der errado? Se sua resposta for NÃO SEI, este material foi escrito para você : ) Este material também vai ajudar aquelas pessoas que abandonaram do PC com Windows e mudaram para o Mac, sobretudo aquelas que tem dificuldades de entender como o Mac funciona.

 

Se este for o seu caso, recomendo que você veja este artigo, onde aprenderá absolutamente tudo o que precisa saber para começar bem com seu novo Mac. Ao final deste conteúdo você vai aprender como resolver problemas cotidianos que podem ocorrer com seu Mac. Lembre-se de salvar este artigo nos seus favoritos para consultas futuras ok?

 

 

Os 5 problemas comuns no Mac e como resolve-los

Aqui, listamos os cinco principais problemas que os usuários de Mac podem ocorrer, e como corrigi-los facilmente. Note que logo abaixo do problema, demonstro a solução : ) Divirta-se!

 

Problema 1: Mac muito lento

 

Assim como qualquer outro computador, o Mac também utiliza recursos do hardware para fazer todos os processamentos necessários quando o utilizamos em nosso dia a dia. Dito isto, podemos considerar uma situação normal que depois de alguns meses (ou anos) de uso, o Mac comece a ficar mais lento. Se seu Mac já está lento, não se preocupe! Esta é perfeitamente aceitável e a manutenção de software pode ser feita por você mesmo.

 

Aqui no blog, já escrevi um artigo ensinando 5 dicas para melhorar o desempenho de um Mac lento, onde ensino algumas ações que melhoram o processamento de um Mac que está lento. Este material já foi utilizado por mais de 200.000 pessoas, e é inclusive é um dos materiais mais acessados em nossa base de conteúdos.

 

Antes de aplicar a solução, precisamos identificar qual é o problema da lentidão. Estes são os problemas mais comuns no Mac:

 

  • Armazenamento aplicativos, arquivos e dados desnecessários;
  • Registros e conteúdos de cache
  • Área de trabalho cheia de arquivos
  • HD com falha ou excesso de dados

 

A solução 1: Mac mais rápido

 

Se o seu problema for o excesso de aplicativos, arquivos, dados desnecessários, registros e conteúdos de cache a solução mais rápida (e barata) é fazer uma limpeza e organização do conteúdo do seu Mac. Para isso, comece esvaziando o lixo e a pasta Transferências. Também organize a Mesa (Área de Trabalho), que normalmente armazena uma série de arquivos temporários, muitas vezes são desnecessários. Uma boa opção é a instalação do CleanMyMac, que além automatizar todas estas tarefas e limpar todos estes arquivos desnecessários, também mantém a manutenção do seu Mac em dia.

 

Além destes que citei acima, você também pode identificar o que está deixando seu Mac lento. Para isso utilize o Monitor de Atividade, uma ferramenta de sistema gratuita, que vem instalado em todo Mac. O Monitor de Atividade te permite monitorar tudo o que acontece no seu Mac, sempre em tempo real, legal né? Para utilizar o Monitor de Atividade, clique na pequena lupa no canto superior direito depois digite Monitor de Atividade.

5 problemas comuns do mac e como resolve-los4

Note que no painel que se abriu você poderá checar o que está acontecendo em CPU, que é o processador do seu Mac, Memória, Energia, Disco e Rede.

5 problemas comuns do mac e como resolve-los5

Depois de verificar tudo o que está “roubando” memória do seu Mac, encerre-os!

 

Problema 2: A internet wi-fi do Mac não conecta

 

Alguns donos de Mac me relataram que estão com problemas na conexão de internet. Muitos reclamam que a internet cai toda hora, ou seja fica oscilando muito, as operadoras chamam isso de intermitência. Esse problema é muito comum e pode não estar relacionado diretamente ao sistema do Mac. Pode ser que seu roteador precise ser reposicionado em outro cômodo da sua casa. Se você já fez isso e o problema persistiu, é hora de re-configurar seu roteador.

 

O Mac pode ser configurado para se conectar a uma rede Wi-Fi de 5 GHz, que não sofre interferências de aparelhos domésticos, como telefones sem fio por exemplo. A frequência de 5GHz também melhora a transferência de dados, com isso a sua conexão Wi-Fi pode até melhorar, a longo prazo. Infelizmente, a maioria dos roteadores sem fio (principalmente os mais baratos) trabalham na frequência 2.4GHz.

 

Existem outras formas de melhorar problemas de internet no Mac. Para facilitar, consolidamos alguns dos principais neste tutorial: 7 Formas de acelerar a internet do Mac – Conteúdo Premium Acesse, aplique e nos dê seu feedback ok? 

 

 

Se acha acha que eu estou falando grego, não se preocupe essa configuração é bem simples e pode ser feita por qualquer pessoa, mesmo que seja leigo no assunto. 

 

Solução 2: Mac conectando corretamente na internet

 

Para resolver o problema da internet no Mac, a primeira coisa que você precisa fazer é separar suas redes 2.4GHz e 5 GHz. Isso pode ser feito acessando o painel de administrador do seu roteador. Se você não souber como fazer, acesse o site do fabricante onde você deverá ter todo o passo a passo. Agora que você separou as redes, o próximo passo é falar para seu Mac que ele sempre deve se conectar à rede 5GHz. Para fazer isso, siga os passos abaixo:

 

1. Clique no Menu Apple > Preferências do Sistema

5 problemas comuns do mac e como resolve-los-2

2. Clique em Rede

5 problemas comuns do mac e como resolve-los-2

3. Em Wi-Fi clique em Avançado

5 problemas comuns do mac e como resolve-los-2

4. Agora em Avançado, localize sua rede de 5GHz e arraste-a para cima da lista.

5 problemas comuns do mac e como resolve-los-2

Agora que você já disse para seu Mac sempre se conectar à rede de 5GHz, dificilmente terá problemas com a internet.

 

Importante: Lembre-se de deixar uma rede configurada na frequência de 2.4GHz para dispositivos que precisam dele, como smartphones, tablets e computadores mais antigos.

 

Problema 3: A bateria do Macbook não carrega

 

Você NÃO está livre de problemas, mesmo que você tenha um Macbook novo. Embora em número pequeno, já vi computadores Apple semi-novos darem algum tipo de problema/defeito. A própria Apple faz recall em equipamentos com certa freqüência.

 

Infelizmente isso pode acontecer com qualquer usuário de Macbook. Mas o que fazer quando a bateria do MacBook não carrega? Veja abaixo para descobrir!

 

Solução 3: Resolvendo problemas de bateria

 

A melhor forma de resolver problemas comuns no Mac é por eliminatórias. Então vamos lá! Se você possui um MacBook muito antigo, provavelmente ele possui uma bateria removível. Neste caso tente tirá-la e, em seguida, coloca-la novamente novamente para ver se isso resolve o problema. Agora, supondo que você possui um Macbook mais recente, com bateria interna, tente uma das opções abaixo:

 

  • Tente outra tomada;
  • Tente outro carregador de MacBook
  • Remova o adaptador MagSafe 2 e tente novamente

 

Se nenhuma das etapas acima funcionarem, pode ser um problema maior. Mas não se preocupe, ainda dá para resolver. Neste caso Redefina o SMC do seu Mac. Neste artigo eu ensino como fazer a redefinição do SMC, que pode corrigir problemas comuns no Mac, incluindo:

 

  • O computador não liga quando pressionado o botão de energia;
  • O Macbook não responde adequadamente quando você fecha ou abre a tampa;
  • O Mac dorme ou desliga inesperadamente;
  • O LED do adaptador de alimentação MagSafe não liga;
  • E claro, quando a bateria parece não carregar corretamente;

 

Se isso não corrigir o problema, você deve conversar com a Apple sobre uma solução. Você pode precisar pagar a Apple para substituir a bateria se o dispositivo está fora da garantia.

 

Problema 4: O HD do Mac está cheio

 

Você já teve a surpresa com a mensagem “Seu Disco de Inicialização Está Cheio” ao iniciar seu Macbook Air? Este é dos problemas mais comuns no Mac, infelizmente. Mas não se preocupe, seu Mac tem jeito!

 

Neste caso, não há muito que se possa fazer, se não apagar arquivos que você não precisará mais.  Liberar espaço no Disco de Inicialização ou HD Cheio é fundamental para você continuar utilizando seu Mac.

 

Solução 4: Liberando espaço no HD do Mac

Sem meias palavras, super recomendo o CleanMyMac para resolver este problema. No vídeo abaixo te ensino como resolve problemas comuns no Mac com esse app:

 

 

Problema 5: Tela cinza com texto o famoso Kernel Panic

Essa é a tela mais temida pelos novos usuários de Mac. Há quem diga que ela equivale a tela azul da morte do Windows. Eu acho que não chega a tanto : )

 

Esta tela indica sim, que há algo de errado com seu Mac, entretanto ela também é um chamado a ação.

 

 

Solução 5: Resolvendo Kernel Panic Tela Cinza

 

Normalmente para resolver este problema, basta pressionar o botão liga/desliga do Mac por alguns segundos até desligar, depois pressione para ligar. Mas, se como outros problemas comuns do Mac este persistir desconecte todos os dispositivos conectados nas portas do seu Mac, se precisaR do mouse, sem problema pode deixa-lo conectado.

 

Outra boa opção é reiniciar o Mac no modo de segurança, para isso inicie ou reinicie seu Mac, quando ouvir o som de inicialização, pressione a tecla shift do teclado até aparecer o logo da Apple. Pronto, se seu Mac estiver funcionando corretamente, basta reiniciá-lo novamente.

 

Considerações finais

Estas foram apenas algumas dicas, que podem salvar a sua pela na hora do aperto. Se você gostou, compartilhe e deixe seu comentário abaixo : ) Espero que você nunca precise utilizar nenhuma destas dicas!

 

Forte abraço e até a próxima

 

 

 

 

 

 

3 Formas de recuperar arquivos deletados no Mac, sim você pode!

Aprenda como recuperar arquivos apagados do seu computador Apple, mesmo que a lixeira esteja esvaziada.

 

Sem querer você apagou um arquivo importante no seu Mac? Se sim, não se preocupe, você tem 3 maneiras de recuperar seus arquivos deletados no Mac. Neste artigo você aprenderá formas de recuperar arquivos deletados no Mac através de 3 dias práticas.

 

🚩 Importante: faça os procedimentos para recuperar seus arquivos utilizando uma (ou mais) maneiras abaixo o quanto antes, isso por que se o arquivo apagado do Mac for subscrito, suas chances serão muito pequenas!

 

Para quem preparamos este material

Escrevemos este artigo focado em ajudar pessoas comuns que utilizam o computador da Apple, mas que por algum motivo apagaram arquivos importantes do Mac, esvaziando inclusive a Lixeira do computador.

 

Se este for seu caso, não se preocupe, você não é o único! Isso é mais comum do que você imagina : ) Vez ou outra temos alunos com dificuldades de recuperar arquivos apagados do computador. Veja este artigo até o fim, você vai conseguir recuperar os arquivos apagados do seu Mac : )

 

 

Porque recuperar arquivos deletados no Mac?

Quando você esvazia a Lixeira do Mac, não significa que os arquivos foram definitivamente excluídos, mas sim que o acesso a eles foi negado a pelo do sistema. Em outras palavras, muitos dos arquivos deletados ainda estão no HD do computador aguardando a subscrição de outros arquivos, ou seja, até que outros arquivos ocupem aquele espaço passando por cima dos seus arquivos deletados no Mac.

 

Isso significa que você ainda tem uma chance de recuperar seus arquivos que foram deletados do seu Mac…

Siga os passos deste artigo o quanto antes, caso contrário o risco de você perder os arquivos definitivamente é muito grande. Importante: Isto só é válido se você não esvaziou o Lixo no modo “Esvaziamento Seguro” do Menu Finder no canto superior esquerdo, ok?

como_recuperar_arquivos_deletados_no_Mac

 

3 Maneiras de Recuperar Arquivos Deletados No Mac

Basicamente, existem três formas de recuperar arquivos deletados no Mac. Embora pareçam simples, as três dicas abaixo são muito funcionais e garantem o resultado para a maioria das pessoas que as utilizam.

 

Se você aplica-las no seu Mac com certeza terá algum resultado, podem recuperar até 100% dos seus arquivos apagados do HD. Agora chega de enrolação, vamos para elas:

 

1. Pela própria Lixeira

Recentemente escrevi um artigo ensinando como restaurar arquivos deletados no Mac de volta ao local de origem.

 

Este artigo foi criado com foco em novos usuários de Mac, portanto seu conteúdo é básico. De qualquer forma, nele ensino como recuperar arquivos deletados colocando-os no local de origem. Para acessar o conteúdo deste arquivo clique aqui! Já vi este recurso ajudar muitas pessoas, principalmente quando não se sabe o local de origem do arquivo apagado no Mac.

 

2. Pelo Backup do Time Machine

Se você tem o bom hábito de fazer backup do seu Mac regularmente com o Time Machine, com certeza terá uma cópia segura dos seus arquivos no seu Time Capsule ou HD externo. O Time Machine é o sistema oficial de backup do Mac, com ele você faz o backup automático caso utilize o Time Capsule.

Para aprender como recuperar seus arquivos deletados veja este artigo, onde ensino TUDO sobre o backup do Mac. Se você quiser uma aula prática, seja este vídeo: Backup do Mac – Guia Prático do Usuário

Lembre-se de ter o backup como prioridade no seu dia a dia ok?

: )

 

3. Por aplicativos de terceiros

Existem diversas soluções de terceiros que permitem a recuperação informações perdidas em seu HD. Algumas soluções são boas, outras nem tanto, principalmente os gratuitos. Eu particularmente, só uso o DiskDrill, que acredito ser o melhor do mercado. Com o DiskDrill é possível recuperar arquivos deletados do Mac de forma prática e rápida!

 

👉 Clique aqui para baixar uma cópia no seu Mac

O DiskDrill Funciona! Veja o vídeo.

 

Como o DiskDrill é fácil de usar, qualquer pessoa, mesmo com pouco conhecimento no Mac pode recuperar arquivos como fotos, filmes, músicas e arquivos de texto, slides e planilhas.

 

Tenho certeza que você conseguirá recuperar seus arquivos apagados no Macbook, iMac ou Mac mini. O fato é que todas resolverão o seu problema, pelo menos teoricamente. Clique aqui para baixar o DiskDrill

 

Considerações Finais

Todos os aplicativos que recuperam dados do Mac utilizam recursos similares, mas há alguns que além de não recuperarem todos os arquivos ainda deixam o Mac lento. Por este motivo vou recomendar somente o DiskDrill.  Infelizmente não encontrei nenhum aplicativo do tipo em português, por isso se você não tem domínio de inglês procure alguém que o tenha para te auxiliar.

Se você gostou do artigo não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Forte abraço e até a próxima!

Seu Mac faz muito mais!

Deixe seu comentário abaixo…

Segurança Para Mac – O Guia Definitivo Do Usuário!

Conheça os principais pilares para você configurar a segurança para Mac – Mesmo que seja iniciante!

 

Sim, existem vírus e malwares para seu Mac. Essa não é uma notícia muito boa de se dar, mas infelizmente é verdadeira. A boa noticia é que vírus para Mac são menos comuns que vírus para Microsoft Windows.

 

Segundo os dados oficiais da Kaspersky, o número de ameaças para Mac, está aumentando a cada ano conforme demonstrado no gráfico abaixo:

Perceba que em 2018 foram 7.335.409 ataques ⚠️ Outro dado impressionante é que, geograficamente falando, o Brasil é o país mais sofreu ataques (26%), depois vem a India (20%) e França (17%).

Mas, não se preocupe, neste tutorial vamos de dar o “caminho das pedras”, com TODOS os passos que você precisa fazer para melhorar a segurança do seu computador Apple. Vamos lá?

 

 

Para quem preparamos este material

Embora em menor quantidade, a preocupação com esses vírus devem começar a ser prioridade para pessoas que pensam em segurança para Mac. É por isso que preparamos este material.

 

Se você usa um Mac e por algum motivo precisa proteger seus dados pessoais, fazer transações financeiras ou até confidenciais, com certeza vai gostar deste material.

 

Antes de começar!

Vírus e malwares NÃO SÃO os únicos perigos que os donos de Mac podem sofrer. É muito importante lembrar que existem dezenas (se não centenas) de golpes aplicados diariamente em usuários desavisados. Veja alguns:

 

  • Senhas vazadas;
  • Sites falsos;
  • Fraudes de apps e emails;
  • Roubo de dados;
  • E muito mais…

 

Mas será que você deveria se preocupar com isso? A resposta é NÃO, mas só se você seguir TODOS os passos deste tutorial. Por isso, continue lendo e aplicando, cada dica é fundamental para aumentar a segurança para Mac!

 

1. Segurança para Mac – Tudo o que você precisa saber

2. Como configurar a segurança do Mac – 10 Dicas básicas!

3. Mais segurança para Mac – dicas avançadas

4. Proteja seu Mac em público

Mão na Massa!

A partir de agora vamos por a mão na massa. Vale lembrar que estas dicas podem ser aplicadas por qualquer pessoa que tenha o mínimo de conhecimento no MacOs, sistema operacional do computador Apple.

 

 

Existe mesmo malware para Mac?

Infelizmente a resposta é sim! Por outro lado, o Mac é considerado um dos sistemas mais seguros do mundo. A questão aqui é: será que estamos configurando a segurança do Mac da forma correta?

É por isso que preparamos este material, não só para que possamos nos preparar, mas sobretudo ter os cuidados preventivos, que são fundamentais.

 

10 Dicas básicas para configurar a segurança do Mac – A 10ª é fundamental!

Veja agora a listagem com 10 dicas básicas que te ajudarão a melhorar a segurança do seu Mac. Vale lembrar que TODAS já foram testadas, e de um jeito ou de outro ajudaram muitas pessoas a melhorarem sua segurança.

 

1. Sim, atualização é importante

Ter um computador Apple com uma versão desatualizada do sistema é o mesmo que ir viajar e deixar a chave na porta da casa.

 

É fato que todo sistema operacional desatualizado pode conter erros e falhas de segurança que hackers, os famosos criminosos virtuais, podem utilizar para roubar seus dados pessoais, o que pode ser uma baita dor de cabeça. Não se esqueça de atualizar os aplicativos, que também podem expô-lo(a) a problemas de segurança no Mac.

Conforme mostrado na imagem acima, você pode acessar o Painel “Preferências do Sistema > Atualização de Software” para configurar a atualização automática no seu Mac. Se preferir nesta videoaula ensino como fazer esta atualização passo a passo!

 

 

2. Habilite o Firewall

É bem provável que seu Mac fique conectado na internet 24hs por dia. Teoricamente, é possível que qualquer pessoa má intencionada utilize um software automático que permita espionar seu Mac, instalando vários arquivos e ainda tendo o controle do seu equipamento.

Sua melhor forma de proteção é o Firewall, a famosa parede de segurança dos computadores. Para ativar o Firewall veja este tutorial: “Como Ativar o Firewall no Mac” 

 

 

3. Proteja seu Mac com senha de administrador

A senha do computador é a primeira barreira que uma pessoa má intencionada tem ao tentar invadir um Mac. Por isso é muito importante ter uma boa senha configurada no computador.

Segundo a Apple, Segurança para Mac é fundamental! Para alterar ou definir uma nova senha de administrador no seu Mac, siga os passos deste tutorial oficial Apple.

 

 

4. Desative o login automático

É bom ter uma senha forte, mas se você não usá-la de nada vai adiantar. Mesmo que seja chato ter que digitar sua senha de acesso toda vez que for iniciar no seu Mac, faça isso! O ideal é que a função “Inicio de sessão automático” esteja desativado, conforme a imagem abaixo.

 

Se você não sabe como desativar o login automático no Mac, veja o item quatro do tutorial “10 Dicas Para Manter Seu Mac Seguro”, material muito útil, inclusive para iniciantes que querem melhorar sua segurança!

 

 

5. Utilize senhas fortes

Crie senhas com pelo menos oito caracteres, sempre utilize letras e números, se puder também insira pelo menos uma letra maiúscula ou símbolo. Lembre-se de criar senhas diferentes para serviços da internet, ok?

Se você tem dificuldade de lembrar todas as senhas uma boa dica é criar um senha mestre e alterar o inicio ou o final dela ligando-a ao serviço em uso, por exemplo:

 

Uma senha única “P23eR5%” ficaria “P23eR5%sub” caso seja utilizada no Submarino ou “P23eR5%sar” se fosse utilizada na Saraiva. Se você deseja utilizar essa senha para inicio de sessão no seu Mac ficaria assim “P23eR5%mac”. Neste caso utilizamos os 3 primeiros caracteres do serviço, mas você pode utilizar sua própria lógica!

 

6. Instação de Apps somente se for de fonte confiável

Muitos pessoas que usam Mac tem tido dificuldades na instalação de aplicativos. De fato, instalar aplicativos no Mac é bem diferente de instalar aplicativos no Windows. A começar pela extensão, que enquanto no Windows é .EXE no Mac é .DMG. 

Outro fator que devemos considerar é a origem dos apps, que podem ser maliciosos e sim, infectarem seu Mac com vírus ou arquivos ruins. Para ajudar, publicamos uma material + videoaula ensinando com instalar apps no Mac da forma correta. Clique aqui para ver o tutorial “Como Instalar Apps no Mac da Forma Correta”

 

7. Faça a proteção do microfone e câmera

Já foi constatado que a câmera do Mac já foi “invadida” por hackers, inclusive através de softwares ditos confiáveis. Nesta matéria você pode ver mais detalhes

 

Não basta confiar somente na pequena luz verde, que é acesa sempre que a câmera é ativada. Mas a verdade é que ela não garante nada, uma vez que os hackers sabem como ativar a câmera sem ativar a luz indicadora. Neste caso você pode instalar o OverSight, app que “rastreia” as atividades da câmera e microfone do Mac.  Ou se preferir, você pode anular esses recursos do seu Mac colocando uma pequena fita isolando na câmera. 

Agora, se você quer ir um pouco além, já existem adesivos inteligentes, que permitem fechar ou abrir a câmera sempre que você quiser. Veja no video abaixo:

 

 

Pode ser que você queira desativar totalmente o microfone integrado do seu Mac, mas infelizmente isso não é tão fácil. Neste caso a fita não é uma solução, pois não vai bloquear totalmente o som. Felizmente, as configurações do seu navegador podem ajudar a impedir que sites assuma controle da sua câmera e microfone. Onde localizá-las:

 

Google Chrome:

  • Preferências > Avançado > Privacidade e segurança > Configurações de conteúdo > Câmera (ou microfone)

Safari:

  • Preferências > Sites > Câmera (ou Microfone)

 

 

Não deixe os sites usarem sua câmera ou microfone para espioná-lo.

 

8 Mantenha um backup atualizado

Em nosso dia-a-dia há várias tarefas chatas, e com certeza o Backup do Mac é uma delas!

 

Infelizmente, NÃO fazer backups é um mau hábito que pode custar muito caro, principalmente quando dados importantes estão em um aparelho perdido, quebrado ou até roubado.

 

Quando faço um atendimento, seja ele online ou presencial, a primeira pergunta que faço é: Você já fez o backup hoje? Na maioria das vezes a resposta é NÃO, infelizmente. Para ajudar, gravei uma videoaula ensinando os passos básicos e avançados para fazer backup do Mac, espero que ajude:

 

9. Utilize as ferramentas de segurança do navegador

Os navegadores web mais utilizados atualmente já incluem recursos de segurança que te ajudarão a se manter seguro online. Essas ferramentas estão integradas ao navegador e podem bloquear popups (irritantes diga-se por sinal), enviar somente solicitações autorizadas a sites, desativar conteúdo inseguro do Flash, impedir downloads perigosos e controlar quais sites podem acessar sua webcam, microfone, etc.

Pare por um momento e examine suas configurações. Para localizá-las:

Safari: 

  • Preferências > “Segurança” e  “Privacidade”

Google Chrome:  

  • Configurações > Avançado > Privacidade e segurança

Edge: 

  • Configurações > Configurações avançadas

Firefox:

  • Opções > Privacidade e segurança

 

10. Utilize um bom sistema de segurança – + Segurança Para Mac 

Fazer todas essas configurações focadas na segurança do Mac, é muito importante. Mas de nada vai adiantar se você não tiver um bom sistema de segurança.

Instalar um bom antivirus no Mac, mesmo que seja gratuito, pode ajudar a prevenir alguns problemas comuns como adwares aquelas pop-ups insuportáveis, roubo de dados ou captura de dados digitados no teclado. Para ajudar publicamos um material mostrando os “6 Melhores Antivirus Para Mac”, com certeza você vai gostar!

 

 

Mais segurança para Mac – 2 Dicas avançadas

Como NÃO poderia deixar de ser, também pensamos na segurança mais avançada para o Mac. Se você já aplicou TODAS as dicas anteriores e chegou até aqui, com certeza vai gostar!

 

1. Ative a criptografia no seu Mac

Se você tem arquivos e dados confidenciais no seu computador, talvez queria protege-los de forma mais funcional. Neste caso, é recomendado que você ative a criptografia com o FileVault. 

O FileVault permite criptografar suas pastas pessoais, dividindo este conteúdo em várias partes que não podem ser lidos separadamente. Desta forma de você perder ou roubarem seu computador, o ladrão não conseguirá acessar nenhuma informação pessoal sua. Para ativar a criptografia no seu Mac siga os passos deste Tutorial oficial.

Aqui vale lembrar que em alguns casos o Mac tende a ficar lento, principalmente em computadores mais antigos, então avalie se realmente vale a pena para você ok?

 

2. Proteja seus documentos mais importantes com senhas

Outra boa opção é proteger seus arquivos mais importantes com senha. No caso dos aplicativos da suite Apple, você pode bloquear seus documentos com senha. Para saber como, acesse este material que publicamos aqui no blog: Como configurar senha de proteção em documentos do iWork

Esta configuração vai ser muito útil, principalmente se você utiliza seu Mac em uma rede com pastas compartilhadas. Fica a dica 😉

Aprenda como protejer seu Mac em público

Mais algumas sugestões que podem ajudar, não só na segurança, mas também na privacidade.

 

1. Configure o FindMyMac

Ative o FindMyMac, mesmo que você nunca tire seu computador de casa. Isso por que, se você perder ou roubarem seu computador, poderá localizá-lo e bloqueá-lo! Coisa que o ladrão não vai vai gostar muito, pois não conseguirá utilizá-lo. Clique aqui para saber como configurar

Com o FindMyMac ativado, você vai conseguir ver seu Mac dentro de um Mac.

 

A dica aqui é, configurar uma conta de usuário convidado! Isso vai fazer com que o ladrão se conecte à internet fazendo  com que seu computador seja facilmente encontrado!

 

2 Use uma VPN (rede privada virtual)

Se você for utilizar uma rede pública, usar uma VPN se faz muito necessário! Essa é a melhor forma de criptografar toda a sua conexão de internet, protegendo a sua navegação de forma prática e rápida. 

 

Você sabe o que uma VPN pode fazer por você? são basicamente 3 funções muito importantes:

 

  1. Proteger sua privacidade online: impedindo que órgãos governamentais, hackers e provedores de internet tenham acesso visual a tudo que você faz online;
  2. Proteger seus dados: Criptografa ABSOLUTAMENTE tudo o que entra e sai do seu Mac, desta forma, ninguém conseguirá ler ou acessar suas informações pessoais;
  3. Desbloquear sites com restrição geográfica: Alguns países proíbem o acesso a sites e serviços de outros países. Suponha que você queria assistir um seriado quando estiver fora do seu país? Uma VPN pode disfarçar sua localização, assim você conseguirá acessar o que deseja em qualquer lugar do mundo.

 

Quer instalar uma boa VPN no seu Mac? Acesse este link e baixe AGORA

 

3. Compre uma trava de computador, (física sim)

Você só fez uma pausa para tomar um café, mas isso é mais do que suficiente para que uma pessoa má intencionada roube seu Macbook, e até o iMac, em casos dos mais ladrões mais ousados. Neste caso, o recomendado é que você utilize uma trava de computador, feita exclusivamente para Mac.

 

 

A trava de computador funciona da mesma forma que uma trava de bicicleta. Tudo bem que os ladrões podem utilizar uma ferramenta ou outra para cortar o cabo de aço, mas isso no mínimo vai atrasa-los, o que pode ser bom para você. Felizmente você pode encontrar várias opções no Brasil e fora do Brasil, basta dar um Google : ) Se quiser uma sugestão, eis uma boa opção de trava aqui!

 

 

4. Use uma película de privacidade na tela do seu Mac

Pode ser que a pessoa sentada ao seu lado no café seja um pouco curiosa. infelizmente isso pode ser bem comum, então por que não evitar que consigam ver a sua tela? Pois é, neste caso instalar uma película de privacidade pode ser uma boa opção!

A película de proteção, funciona como a tela de um caixa eletrônico, ou seja, somente quem está exatamente na frente da tela pode ver as informações.

 

Considerações finais

Espero que este material seja muito útil para você! Se você conseguir aplicar as dicas aqui apresentadas, com certeza estará mais seguro do que a maioria das pessoas que usam o Mac em seu dia a dia.

 

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com sua rede de contatos e siga-nos nas redes sociais, que podem ser encontradas nesta página.

 

No mais, só tenho a agradecer por ter chegado até aqui : ) Nos vemos na próxima!

Como Eu Ganho Dinheiro Criando e Vendendo Cursos Online Com meu Mac – Meu Segredo Revelado!

 

Descubra como ganhar dinheiro criando e vendendo cursos online com o Mac!

 

O computador da Apple é uma ferramenta completa, tanto que muitas empresas são totalmente operadas a partir de um único Mac, o que NÃO é pouca coisa.

 

Eu por exemplo, produzo todo conteúdo pago e gratuito do meu Blog e da Tecnologia Pessoal utilizando um Macbook Pro de 2013. Isso sem falar em todos os vídeos do meu canal no Youtube, que já alcançou quase 3 milhões de visualizações e do Blog do Super Apple, que alcança mais de 50 mil pessoas por mês.

 

Nada disso seria possível se a Apple não desenvolvesse um equipamento tão robusto e completo: meu Macbook!

 

Direto ao Ponto!

Indo direto ao ponto, neste artigo vou te mostrar como eu ganho dinheiro criando e vendendo um curso online com meu Macbook Pro, e como você também pode fazer, mesmo sendo ABSOLUTAMENTE iniciante.

 

Continue lendo o tutorial, nele vou te mostrar os passos que sigo para “monetizar” meu blog, empacotando e vendendo meus cursos online utilizando apenas meu Macbook Pro.

 

Por que resolvi escrever este material

Sou e-empreendedor, e sei como é difícil conseguir seu espaço na internet. Hoje vivo do conteúdo que produzo e vendo pela internet. Devo isso a pessoas como o Alex Vargas, Conrado Adolpho e Erico Rocha, que me ensinaram (muitas vezes de graça), sobre o mercado digital e como ganhar dinheiro vendendo meu conhecimento na internet.

Como forma de retribuição e para ajudar outras pessoas resolvi escrever este artigo. Meu objetivo é passar para frente tudo o que recebi.

 

Ok Super Apple, mas preciso ver pra crer!

Sem problemas : )  Vendo meus cursos através de parceiros como PayPal, Udemy e Hotmart. Hoje, também vendo através da minha própria plataforma.

 

Por questões de privacidade não vou abrir meu faturamento, mas só para você ter uma idéia, na Udemy, que é uma plataforma parceira de venda de cursos online consegui 1.212 alunos vendendo meus cursos por lá.

 

Tenho alunos super satisfeitos com os cursos:

 

Outros dois motivos me encorajaram escrever este artigo

 

A internet é gigante, assim como as oportunidades.

 

1. Todo mundo tem algum conhecimento que pode ser vendido pela internet. 

Passamos por uma fase muito difícil no Brasil. Tenho visto muitas pessoas sofrendo com o desemprego.

 

2. Oportunidade de primeira ou segunda renda. 

Um dinheirinho a mais não faz mal pra ninguém, melhor ainda se for um dinheirão né? O Brasil é enorme, dito isto, qualquer mercado de nicho* é um mercado de massa. Pensa numa professora particular de inglês por exemplo, como sobreviver dentro de um mercado tão competitivo? Se olharmos nas ruas o que mais vemos são escolas de inglês. No entanto, o Mario Vergara, um dos maiores professores particulares de inglês que temos no Brasil em cada turma que ele fecha por ano supera a casa do milhão de reais.

 

Antes de continuar é preciso que você saiba qual é a dimensão da internet e qual seu real potencial. Então, recomendo que você faça uma pesquisa, para descobrir dentro do seu ramo, quem é o público que pode comprar seus cursos online. No meu caso por exemplo, no Brasil o Mac e iPhone estão dentre os equipamento de tecnologia pessoal mais utilizados.

 

Para quem escrevi este artigo

Preparei este conteúdo especialmente para os NÃO conformados! Sobretudo para aqueles que tem algum conhecimento específico e acredita que pode vende-lo pela internet. Se você se identificou, leia este artigo até o fim.

 

Não importa se você sabe como fazer aplicações financeiras da forma correta ou como cuidar de um cavalo,  o que importa é empacotar esse conhecimento de dividi-lo com o mundo : ) Tudo isso eu aprendi com o Mestre Alex Vargas!

 

O que você precisa para criar e vender um curso online com o Mac

Basicamente, tudo o que você precisa já está nas suas mãos, mas seu investimento inicial será de tempo mesmo. Entretanto, pode ser que você queira produzir um curso com qualidade superior, em relação aos que já estão no mercado. Neste caso, você pode precisar de mais alguns equipamentos, mas isso não é regra ok?

 

Eis os equipamentos e softwares que você vai precisar para criar seu curso com o Mac. Não se preocupe, o mais importante você já tem.

 

Equipamentos

 

1. Macbook, Mac mini ou iMac

Como sugiro no título deste artigo, você vai precisar de um Mac! Pode ser Windows, sim, mas acredito que a plataforma Apple pode oferecer estabilidade, segurança e agilidade. Nada contra os PCs ok? É só uma questão de opinião

 

 

2. Microfone (Se possível com filtro de ruídos)

Você já tentou assistir um vídeo no Youtube e o audio ruim fez com que você desistisse? Pois é, este é um erro muito comum que novos produtores de conteúdo cometem. Se tem um item que acredito ser obrigatório é o microfone, se possível com filtro de ruído.

3. Webcam + iluminação (Se necessário aparecer no vídeo)

Muitos professores gostam de aparecer na câmera para os alunos, de fato isso torna a relação professor/aluno mais próxima, mesmo que distante. Se além de gravar a tela do seu Mac, você também deseja gravar aparecendo em sua webcam recomendo veja leia este artigo, onde ensino como fazer isso da forma correta!

 

 

Aplicativos

  • QuickTime Player (gratuito) O QuickTime Player é um desses aplicativos multiuso. Com ele é possível reproduzir videos, gravar áudio e a tela do iPhone. Outro recurso útil é que ele permite gravar a tela do Mac e é por isso que coloquei ele como opção aqui.
  • Keynote (gratuito) O Keynote permite criar os slides das suas aulas
  • iMovie (gratuito) Depois de gravar a tela do Mac com o QuickTime, você vai precisar fazer a edição das suas aulas. É ai que entra o iMovie.
  • ScreenFlow (pago) se quiser fazer uma aula mais profissional.

Se você não tem idéia de como utilizar esses apps não se preocupe, mais pra baixo vou te ensinar como utilizar esses recursos para produzir, gravar e vender um curso online com seu Mac.

 

Como dividi este material

Todo conteúdo aqui apresentado foi desenvolvido para que seja aplicado de forma prática, desta forma você poderá aplica-lo sem grandes dificuldades. Para melhor absorção, dividi este material em 3 partes, a saber:

1. Planejando seu curso no Mac

2. Gravando e editando seu curso no Mac

3. Publicando e vendendo seu curso no Mac

Nas recomendações complementares vou te mostrar mais alguns cursos, sites e materiais que serão úteis para você na sua nova jornada empreendedora : ) Espero ser útil!

 

 

1. Planejando seu curso no Mac

Dizem que planejar é a melhor forma de começar um novo projeto. Sim, eu concordo plenamente com isso. Ao planejar seu curso você vai ter uma melhor visibilidade do todo, te permitindo avançar um passo de cada vez.

Você pode começar a fazer seu planejamento a partir de um documento do Word ou Editor de texto em branco. Desenvolva o conteúdo escrevendo, escrevendo…

Se você gosta de uma ajudinha, abaixo sugiro algumas ferramentas que te ajudarão fazer o planejamento do seu curso no Mac, mas não são regras ok?

 

1.1 Capture idéias com o Evernote

Com o Evernote você vai conseguir centralizar todas as informações que precisa para produzir seu curso. Aqui no blog já publicamos uma aula ensinando como utilizar o Evernote para capturar e organizar idéias. Dá uma olhada:

Clique aqui para se cadastrar gratuitamente no Evernote

1.2 Estruture as idéias com um Mapa Mental

Depois que você capturou o maior numero de informações e idéias com o Evernote, é hora de estruturar seu material. Para isso recomendo que você utilize um aplicativo de mapa mental, que te ajudará no desenvolvimento do seu curso. Gosto muito do SimpleMind, que além de resolver bem o problema é gratuito!

Como exemplo prático dá uma olhada no mapa mental que criei para desenvolver meu curso Mac Para Apresentações:

1.3 Keynote para criação dos slides

Eu, particularmente, gosto de dividir meus cursos em módulos. Cada módulo é representado por um (ou mais) slide que faço no Keynote. Se você não sabe utilizar o Keynote, pode tranquilamente substitui-lo pelo Power Point. Agora, se você fizer questão de aprender como usar o Keynote, terei prazer em te ajudar : ) Clique aqui para se inscrever no meu curso Mac para Apresentações!

Dedique muito tempo no planejamento do seu curso, isso fará toda a diferença. Falo com convicção por que meu primeiro curso foi feito totalmente sem planejamento, não preciso nem falar que não deu certo né? 

 

2. Gravando seu curso

Depois que você estruturou o curso e preparou todo o material chegou a hora de gravar! Este é um momento muito importante. TUDO o que você produzir a partir de agora será entregue ao seu aluno/cliente, por isso fique atento a tudo.

Nesta etapa você vai aplicar algumas técnicas para sua gravação ficar igual a dos profissionais!

 

2.1 Grave a tela do Mac com o QuickTime Player

Poucas pessoas sabem, mas o QuickTime, aplicativo player que já vem instalado em todos os Macs, faz a gravação da tela do Mac… e faz isso muito bem.

Não vou entrar em detalhes aqui, mas publiquei um artigo ensinando como gravar a tela do seu Mac utilizando o QuickTime Player. Neste link você conseguirá ver o passo a passo : )

 

2.2 Edite suas aulas com o iMovie

Em alguns casos será necessário editar suas videoaulas. Para isso você pode utilizar o iMovie, aplicativo de edição de vídeos que já vem integrado ao seu Mac. A parte legal é que o iMovie também vem instalado no iPhone/iPad, assim é possível começar uma edição de vídeo no seu celular/tablet e depois continuar no Mac.

 

 

2.3 Utilize o ScreenFlow – O tudo em um!

Depois que encontrei o ScreenFlow melhorei muito minhas aulas. Se você quiser dar um passo além, instale o ScreenFlow, que é um software de gravação de tela com editor de filmes integrado.

Clique aqui para baixar!

 

3. Publicando e vendendo seu curso

Esta chegando a hora de começar a vender e faturar com seu curso. Para mim, esta foi a parte mais difícil. Não só por que eu não entendia nada, mas por que era preciso ter os parceiros ideias para crescer nesse mercado.

Depois de muito pesquisar, testar e errar cheguei em 3 bons parceiros. Em resumo vendo meus cursos através dos: Hotmart, Paypal e Udemy.

Abaixo trago um resumo de quem é cada parceiro e como eles podem te ajudar nessa jornada empreendedora.

3.1 Hotmart 

Hotmart é uma das plataformas mais completas para aquele empreendedor digital. Nela, você tem a opção de ser produtor de cursos online.

Só para você ter uma idéia o Hotmart tem mais de 500.000 usuários e potenciais clientes para seu curso, legal né?

Clique aqui para acessar o site

 

 

3.2 Udemy

Udemy é uma das maiores plataforma de venda de cursos online do mundo. São mais de 4 milhões de alunos no mundo todo, muito né? Além do Hotmart, também vendo cursos na Udemy. Vale a pena você dar uma olhada : )

 

3.3 Paypal

O Paypal não é bem uma plataforma de venda de cursos, é apenas um meio de pagamento para seu cliente. Essa é uma facilidade que ajuda seu aluno a se inscrever no seu curso sem preocupações com questões de segurança.

No meu caso, eu vendo meus cursos utilizando o Paypal em minha plataforma própria.

 

Recomendações complementares

Parabéns para você que chegou até aqui! Significa que o artigo está abrindo seus olhos para uma nova oportunidade.

Algumas sugestões para você continuar crescendo nessa área.

1. Faça o curso Fórmula Negócio Online

Dentre esses, o que mais me ensinou a utilizar ferramentas práticas foi o Alex Vargas, veja o video em que ele mostra como faturou R$ 81.548,25 vendendo cursos pela internet. Esse é o único treinamento que realmente indico para quem está começando a trabalhar na internet.

2. Siga o Viver de Blog

3. Siga o Conrado Adolpho

 

Considerações Finais

Bom, este foi um conteúdo introdutório! A partir de agora te convido a entrar mais nesse mundo, tenha certeza que não vai se arrepender.

Lembre-se, assim como eu e outras milhares de pessoas, você também pode criar um negócio online lucrativo e com total flexibilidade.

Espero que as dicas tenham sido úteis…

Divirta-se com seu Mac : )

 

 

 

 

 

Se inscreva!

Conheça os 6 Melhores Antivirus para Mac – O 5º é o preferido!

Seu guia com os 6 melhores antivirus para melhorar a segurança sem afetar o desempenho do seu Mac.

 

Se você tem um Mac e as vezes se pergunta se ele precisa de um antivirus, veio ao lugar certo!  Neste artigo vamos te mostrar os 6 melhores antivirus para MacOS em 2019. 

 

Por que 6 e não 7 ou 10 melhores antivirus para Mac? A resposta é simples, nos testes realizados, estes foram os que se saíram melhor, por isso considere isto antes de baixar seu antivirus no Mac ok?

 

Se preferir, pode avançar até os tópicos com os nomes dos antivirus para Mac. Se você quiser mais informações sobre segurança e se o Mac realmente precisa de antivirus, continue lendo este artigo, nele você vai aprender tudo o que precisa saber para manter seu Mac seguro de virus e outras pragas da internet.

 

antivirus mac

Para quem preparamos este material

Escrevemos este artigo para ajudar usuários de Mac a manterem seus equipamentos mais seguros. Se você se identifica com pelo menos um dos perfis abaixo, leia este artigo até o fim.

 

  • Pessoas que querem proteger seus arquivos e pastas armazenados no Mac
  • Pessoas que realizam transações financeiras através de sites de bancos e aplicativos.
  • Pessoas que precisam navegar na internet com segurança, seja em casa, no trabalho ou em redes de locais públicos como cafés e aeroportos.

 

Respondendo algumas perguntas sobre segurança do Mac

Você sabe responder se o Mac pega vírus? Você conhece as 3 ameaças mais comuns que podem prejudicar a segurança do seu Mac? Ou melhor, como proteger seu Mac de hackers e aplicativos maliciosos?

 

Calma, todas estas perguntas sobre segurança do Mac tem respostas. Tivemos o cuidado de responder uma a uma neste artigo: Segurança do Mac: O Guia Prático do Usuário e Você é nosso convidado para acessar e aprender tudo o que você precisa saber sobre a (tão importante) segurança do seu Mac.

 

Melhores antivirus para Mac

Qualquer software de segurança precisa ser capaz de impedir que um malware se instale no computador, com o Mac não poderia ser diferente. Mas a segurança é só a metade da história, para que um antivirus para Mac funcione corretamente ele também precisa ser leve e discreto. Características que os antivirus abaixo tem em comum, diferentes de alguns antivirus gratuitos, que além de não proteger totalmente seu Mac também o deixam lento.

Abaixo veja os 5 melhores antivirus para Mac:

 

1. AVG for Mac 

Em pesquisas recentes, apenas 4 dos antivirus testados conseguiram detectar 100% dos malwares instalados no computador, o AVG foi um deles.

Assim como vários outros antivurs para Mac, o AVG também oferece uma versão gratuita, porém com capacidades limitadas. A versão PRO, inclui a proteção TOTAL.

Clique para conhecer mais sobre o AVG para Mac.

 

 

 

2. Norton Security for Mac

A Symantec, desenvolvedora do Norton tem alguns usuários apaixonados e outros nem tanto. O fato é que em alguns casos o Norton pode deixar o Mac lento. Eu não atribuiria o problema diretamente a ele, mas sim ao excesso de informações/aplicativos que já estavam no Mac mas com a chegada no Norton no sistema o problema aconteceu. Seria como a cereja do bolo : )

De qualquer forma o Norton ainda é um dos melhores antivirus para Mac.

Clique aqui  instalar o Norton para Mac

 

3. Kaspersky

Além de ser muito com na captura de virus para Mac, o Kaspersky também é otimizado para o sistema do Mac, ou seja, ele ainda manter a performance do seu computador.

O legal é que você pode testar o Kaspersky por 30 dias no seu Mac.

Clique aqui para instalar o Kaspersky antivirus para Mac

 

4. Avira 

Embora gratuito o Avira é um excelente na captura de virus no Mac. Ele manterá seu Mac seguro e de graça. A parte ruim é que ele afeta diretamente no desempenho do Mac, exceto se você comprar a versão completa ?

Clique aqui para instalar o Avira Mac

 

5. ESET – Meu preferido!

Conforme falei no título do artigo, esse /e o que eu mais gosto. Embora pouco conhecido aqui no Brasil, ele tem um grande número de usuários nos EUA. Com o ESET, você pode proteger seus dados pessoais bem como o acesso a transações eletrônicas, como bankline por exemplo através do Internet Security.

A boa noticia é que o ESET NÃO deixa seu Mac lento, legal né?

Clique aqui para instalar o ESET no seu Mac

 

6. Avast

Este é outra boa opção para quem desejar proteger 100% do Mac. Algumas pessoas relataram que o Avast deixou o Mac lento, por aqui não foi o caso. Os Macs continuam 100%, assim como o resultado do Avast Mac : )

Clique aqui para instalar o Avast

 

 

Considerações Finais

Fizemos questão de pesquisar os melhores antivirus para Mac em 2017. Este foi o resultado. Se você gostou deixe seu comentário abaixo!

Esperamos que as dicas sejam úteis : )

Forte abraço e até a próxima!

 

 

Seu Mac faz muito mais..

O Que Fazer Quando a Bateria do Macbook Não Carrega – Resolvido!

A Bateria do Macbook não Carrega? Veja a solução nesse Guia Prático!

Recentemente troquei um HD por um SSD em um Macbook Pro de um cliente.

Para minha supresa, depois que fechei o computador e conectei do MagSafe (adaptador de alimentação) percebi que a bateria do Macbook não estava carregando.

Confesso que na hora me bateu um leve desespero, afinal sabemos que manipular os componentes internos dos Mac além de ser para qualquer um, pode sair um pouco caro, considerando os altos preços dos Macs comprados no Brasil.

 


O objetivo deste tutorial é ajudar pessoas que estão com o mesmo problema, ou seja, a bateria do Macbook NÃO carrega!


 

 

Como eu identifiquei que a bateria do Macbook não estava carregando

bateria do iphone nao carrega

No meu caso, foi quando notei que o LED do MagSafe não estava ligando. Entretanto esse problema pode ser gerado de outras formas. Abaixo listo os principais:

  • O MagSafe simplesmente não carrega
  • O adaptador carrega a bateria do Macbook apenas no modo intermitente
  • Você vê uma faísca
  • O conector MagSafe do adaptador ou do computador tem um pino com problema fisico.

 

 

O que fazer quando a Bateria do Macbook não carrega?

bateria do iphone nao carrega

A primeira coisa que você precisa fazer é ficar calmo(a)! Em seguida, continue lendo este artigo. Nele você vai encontrar algumas possíveis soluções para seu problema.

 


⚠ Como esse problema pode vir de várias origens, aqui vamos trabalhar por eliminatória. Vamos testando algumas opções até resolvermos o problema com a bateria do Macbook não carrega.


Veja abaixo as possíveis soluções para resolver o problema:

 

1. Verifique a tomada elétrica

bateria do iphone nao carrega

Certifique-se que a tomada elétrica que você está utilizando está funcionando corretamente. Parece bobagem, mas há tomadas (principalmente as utilizadas por construtoras populares) que com o tempo alargam os conectores internos o que gera intermitência de energia.

 

2. Limpe os conectores

bateria do iphone nao carregabateria do iphone nao carrega

Certifique-se que não há poeira ou detritos. Limpe o conector do adaptador de energia e a porta de alimentação do Macbook.

 

3. Redefina o SMC

bateria do iphone nao carrega

Redefinir o System Management Controller (SMC) é a melhor forma de resolver esse problema.

A redefinição do SMC pode resolver muitos problemas relacionados com energia e hardware do seu Macbook.

Aprenda como redefinir o SMC em um MacBook

  • Desligue o seu Macbook, vá ao menu Apple > Desligar
  • Conecte o adaptador de energia MagSafe a uma tomada eléctrica
  • Pressione Shift + Control + Option + Botão de ligar ao mesmo tempo por cerca de 4 segundos, depois solte todos de uma vez
  • Pressione o Botão de ligar para inicializar o MacBook.

 


⚠Tentou tudo mesmo assim não deu certo? Recomendo a leitura desse artigo oficial da Apple. Nele você poderá tentar outras soluções para resolver quando tiver o problema da bateria do Macbook não carrega.


 

10 Melhores Aplicativos Para Mac – O 2º é o Meu Preferido!

Conheça os melhores aplicativos para Mac!

Todo mundo sabe que o Mac é um excelente computador, mas de nada vale sua avançada tecnologia se não instalarmos bons aplicativos.

A melhor forma de explorar o potencial da tecnologia Apple no Mac é instalando aplicativos!

 

Para quem escrevemos este material

Escrevemos este material especialmente para aqueles possuem um Mac, mas entendem que ainda não exploraram o máximo do que o computador da Apple pode oferecer.

Este material também serve para aqueles que acabaram de comprar um Mac, mas não sabem por onde começar, que tal instalar os melhores apps em seu computador Apple?

Este conteúdo foi cuidadosamente desenvolvido baseado em experiências pessoais de nossos redatores e usuários do Blog do Super Apple e no quanto muitas pessoas sub-utilizam o Mac.

Conheça os melhores aplicativos para Mac!

 

Como instalar aplicativos para Mac da forma correta?

Pode ser que você não saiba como instalar aplicativos no seu Mac. Isso não é problema nenhum, afinal, ninguém é obrigado a saber tudo.

Para ajudar, preparamos uma videoaula completa, onde ensinamos como instalar aplicativos no Mac da forma correta. Clique aqui para assistir!

Neste artigo recomendamos os 10 melhores apps para turbinar seu Mac. Esperamos que goste : )

Vamos lá?

 

 

1. Evernote

Se assim como nós, você também recebe diariamente dezenas de informações úteis e interessantes e não sabe o que fazer com elas, o Evernote foi feito para você!

Com ele é possível registrar praticamente qualquer formato de mídia, incluindo imagens, filmes e áudio.

Dois recursos do Evernote que gostamos muito:

1. Captura de áudio a partir do microfone, inclusive do iPhone, iPad, Android…

2. Leitura de texto em fotos, ou seja, se por exemplo você fotografou um outdoor com texto e não sabe onde essa imagem foi parar, basta digitar um trecho do texto ou uma palavra chave, que o Evernote vai se encarregar de trazer o resultado para você, fantástico né?

O Evernote tem uma versão grátis que resolve o problema.

 

2. CleanMyMac – Super Recomendo!

Manter seu Mac com bom desempenho é fundamental! Falamos isso por que na empresa lidamos muito com muitas pessoas prestes a jogar o Mac na parede de tanta lentidão.

Se este também é o seu caso, recomendamos que veja o artigo 5 dicas para melhorar o desempenho de um Mac lento, seu Mac tem jeito : )

O CleanMyMac é um excelente app que mantém todo lixo no lugar correto, ou seja, fora do seu Mac. Com ele seu Mac ficará muito mais rápido, mais limpo e somente com o que realmente é importante para você.

Pode acreditar, se tem um app que é obrigatório é o CleanMyMac.

 

3. 1Password

Embora o Mac OS X ofereça as senhas do iCloud, eu gosto de ter todas as minhas senhas guardadas e acessíveis em no meu iPhone e iPad, isso sem falar que toda complexidade fica por conta do aplicativo. Para isso a melhor solução que conheço é o 1Password, que armazena todas as senhas e através de uma única te permite acessar qualquer serviço, legal né?

1password-mac-aplicativos-melhores

Ele resolve o problema com excesso de senhas e suas complexidades como letras maiúsculas, minúsculas, alfanuméricas, etc..

 

4. Gemini

Temos (quase) certeza que você já encontrou fotos e arquivos duplicados no seu Mac.

Isso é muito comum, principalmente com as fotos do iPhone que as vezes baixamos do iCloud e do cabo USB. Pois é, com o tempo isso vai deixando o seu Mac mais lento, e com a sensação de que perdemos o controle.

10 Melhores Aplicativos Para Mac

Para resolver este problema você pode baixar o Gemini, que resolve muito bem, eliminando e organizando TODOS os seus arquivos duplicados.

O Gemini funciona assim:  Você escolhe uma pasta (ou o disco inteiro) do seu Mac e clica para o app fazer uma pesquisa. Quando ele terminar a pesquisa, vai exibir todos os arquivos e fotos que estão duplicados no seu Mac, inclusive com a localização.

Ao final é só escolher quem fica e quem vai ser apagado. Temos certeza que você vai adorar o Gemini.

 

5. PixelMator

Você já ouviu falar no “Photoshop de Pobre”? rs. Pois é, esse cara existe e se chama PixelMator : )

Com ele é possível fazer excelentes edições, tão boas quanto o Photoshop, mas com dois diferenciais, fácil e barato!

 

 

6. Skitch

10-melhores-aplicativos-para-mac

Este é um dos apps que mais utilizamos aqui no blog do Super Apple, inclusive você vai notar isso em seu hábito quando começar a utiliza-lo : )

Com o Skitch é possível fazer marcações em imagens. Ele é da mesma família do Evernote, inclusive rola uma integração entre eles, que pode ser bem útil caso você também utilize…

 

 

7. Keynote

melhores aplicativos para mac

Se você trabalha com apresentações, o Keynote é uma ferramenta fundamental!

Eu gosto muito do Keynote, tanto é que sou parceiro Udemy no Curso Mac Para Apresentações Guia Prático do Keynote. Clique aqui para conhecer!

box-aprenda-mac

 

 

8. Final Cut Pro X

10 Melhores Aplicativos Para Mac

Eis um excelente App. Com o Final Cut Pro você pode fazer edições cinematográficas, de verdade! O motivo é que ele é utilizado em estúdios profissionais de edição de filmes e cinema.

O segredo do Final Cut está na integração que o software faz com o hardware, ou seja, o processamento é melhor gerenciado pelo sistema, o que permite que o Final Cut tire o máximo do processamento e gráficos do seu Mac

 

9. Microsoft Office

Quem diria, nós recomendando produtos da Microsoft : )

Bom, convenhamos: o Office é o melhor produto que a Microsoft fez… Para muitos a GRANDE estrela do Kit é o Excel. Hoje, muitas empresas funcionam totalmente baseadas em Excel, o que é incrível.

Sem contar que ele é totalmente compatível com computadores Windows. Por este motivo eu não poderíamos deixar de recomendar esses apps, que estão na versão mais recente para Mac. Outra vantagem é que eles também funcionam no iPhone e iPad.

10 Melhores Aplicativos Para Mac

10. Alfred

O Alfred funciona como um Spotlight, mas bem melhor : ) Com ele, você poderá fazer pesquisas na internet, procurar por arquivos no Mac ou até calcular. Ele tem uma versão grátis que resolve muito bem o problema.

10 Melhores Aplicativos Para Mac

Considerações Finais

Obviamente, há outros diversos apps que são tão interessantes quanto estes. Entretanto todos os que foram publicados aqui, foram úteis para nós e para os clientes que atendemos na Tecnologia Pessoal, nossa escola de tecnologia para adultos.

Claro, se você conhece algum aplicativo que gosta e quer recomendar, deixe seu comentário aqui embaixo ok?

Forte abraço e até a próxima!

Como usar o Mac – Tudo o que você precisa saber para aproveitar melhor seu computador Apple em 4 passos

4 Passos para aprender como usar seu Mac de forma mais produtiva, mesmo que você seja ABSOLUTAMENTE iniciante!

 

    1. Conheça seu Mac;
    2. Faça as configurações fundamentais;
    3. Organize seus arquivos pessoais;
    4. Explore os recursos de mídia!

 

Leia e aprenda como AGORA

 

Bem-vindo(a) ao Super Apple! O maior blog focado em ajudar pessoas que usam o Mac, computador da Apple! Se você tem dificuldades non uso do seu Mac NÃO se preocupe, você NÃO está sozinho(a)! Muitos dos visitantes que chegam até nós NÃO conseguem explorar a tecnologia Apple de forma produtiva.

 

Nossa missão

A missão deste site é fazer com que pessoas comuns, utilizem a ALTA tecnologia Apple de forma prática e produtiva em suas rotinas. Realmente, acreditamos que qualquer pessoa pode explorar mais (e melhor) a tecnologia que já está em suas mãos, fazendo valer o investimento feito na Apple, que sabemos que não é pouco 😅$💸 💸 💸

 

O blog do Super Apple está no ar desde 2011. Como você pode imaginar, aqui temos centenas de aulas, tutoriais e videoaulas, acessados por iniciantes e experts Apple.

 

Se é a sua primeira vez aqui, sei que essa quantidade de informação difícil será absorvida. Por este motivo, criamos esta página, onde você poderá começar do jeito certo! Toda jornada começa com um primeiro passo, dê o seu…

 

 

 

 

Inicio Rápido no Mac

Ok, antes de entrarmos de fato no conteúdo base fundamental do Mac, só queremos um minuto para alinharmos nossas expectativas. Este site irá definitivamente te ajudar se alguma das seguintes situações se aplicar a você:

  • Você acabou de comprar um Mac e NÃO sabe por onde começar?;
  • Você já usa Mac a algum tempo mas entende que NÃO consegue explorar melhor os recursos que ele oferece?;
  • Seus arquivos, fotos e filmes estão espalhados pelo computador e você NÃO consegue se organizar?;
  • Sabe do potencial que seu computador tem e deseja explorá-lo ao máximo?

Se você respondeu sim a pelo menos uma das perguntas acima, com certeza está no lugar certo. As lições aqui disponibilizadas te ajudarão a progredir 😎👨🏻‍💻🚀

 

“Qualquer pessoa pode usar  o Mac de forma mais produtivia, desde que aplique nossas lições de forma prática em sua vida!”

 

4 Passos definitivos para aprender como usar o Mac!

Agora, para se tornar um Super Apple, tudo o que você precisa fazer é seguir estes 4 simples passos:

 

Passo 1: Conheça seu Mac

Hoje, qualquer coisa que fazemos no computador exige que tenhamos algumas habilidades básicas. Partindo desse principio, com um Mac isso não é diferente. Quem está usando o Mac pela primeira vez, sabe como é difícil conseguir fazer tarefas comuns, como organizar fotos e arquivos, configurar contas de email ou organizar sua agenda de contatos. É por isso que para estas pessoas sugerimos que acessem o Guia do Iniciante.

 

Passo 2: Faça as configurações fundamentais

Tão importante quanto saber como usar o Mac é saber como configura-lo da forma correta. Sem dúvida isso te ajudará a ter mais produtividade com seu computador. Para ajudar, listamos alguns tutoriais que te ajudarão a fazer as configurações fundamentais para deixar seu Mac 100%

 

Passo 3: Organize seus arquivos pessoais

Saber onde “guardar” seus arquivos no Mac não é só uma questão de organização pessoal, mas de sanidade mental! Ter tudo no lugar, e poder encontrar na hora em que precisamos, faz com que a produtividade e ganho de tempo seja uma realidade em nossa rotina. Veja mais alguns tutoriais que te ajudarão a se organizar melhor com seu Mac.

 

Passo 4: Explore os recursos de mídia no Mac

Poucas pessoas sabem, mas a Apple oferece ferramentas que te fazem um videomaker, fotografo e editor musical semi-profissional. O que acontece é que os aplicativos disponibilizados, além de serem fácil utilização também oferecem ferramentas de nível profissional. Veja alguns tutoriais onde mostramos como eles funcionam:

Depois de acessar e aplicar as lições, se possível repita. Isso fará toda diferença para você : )

As melhores aulas de Mac feitas para você!

Para ir além, faça um favor a si mesmo: confira as lições mais acessadas no nosso blog. Lá você encontrará TUDO o que precisa para sair do básico e começar a ser muito mais produtivo com seu computador Apple.

10 Dicas para novos donos de Mac

7 Formas de acelerar a internet do Mac