Faça a Manutenção Preventiva do Mac em 5 passos

Aprenda como fazer a manutenção preventiva do Mac em 5 passos – Mesmo sendo iniciante!

 

Neste tutorial você vai conhecer 5 passos fundamentais para fazer a manutenção preventiva do seu computador Apple.

 

Quem nunca sofreu com a lentidão no Mac ou perdeu algum arquivo importante por ter deletado por engano ou por alguma pane no Mac? É por este e outros motivos que fazer a manutenção preventiva do Mac é muito necessário, afinal de contas, o Mac é um computador como qualquer outro, por isso está suscetível a problemas comuns como erro de disco ou lentidão do sistema.

 

Se você não tem o habito de fazer a limpeza do sistema do seu Mac de vez em quando e ter um backup dos seus documentos, comece agora mesmo! Isso é mais importante do que você imagina.

 

👉 Veja também: Mac Para Quem Pensa Windows – Treinamento Completo!

 

 

Para quem preparamos este material

Todos usam o Mac! Desde os profissionais, que entendem as ferramentas mais complexas do sistema, até os iniciantes, que sofrem com um Mac lento ou sobrecarregado de dados mas não sabem por onde começar a resolver o problema.

 

Este material foi desenvolvido para que qualquer pessoa consiga fazer a manutenção preventiva do computador Apple, mesmo que sejam iniciantes!

 

Faça a Manutenção Preventiva do Mac em 5 passos

Pensando nisso nós criamos esses 5 passos para fazer a manutenção preventiva do seu Mac. Se você seguir os passos, com certeza vai estar preparado(a) para qualquer imprevisto ou pane no seu sistema. Quem sabe, inclusive sabendo como resolver os possíveis problemas em questão.

Continue lendo, você não vai se arrepender! 🙂

 

 

Passo 1 – Faça Backup regularmente

Sim, seu Mac pode sofrer um incidente, infelizmente isso é um fato! Cedo ou tarde os componentes internos do computador ou mesmo alguma parte do sistema operacional, como apps terceiros por exemplo, podem trazer algum tipo de defeito. 

 

E não tem nenhum problema se você passar por algo parecido… Desde que esteja preparado para isso! A melhor maneira para se prevenir de problema com o seu Mac é estar preparado para quando ele acontecer.

 

Ter um backup atualizado dos seus dados é o primeiro (e mais importante) passo! Isso que vai permitir que você lide com o problema de forma mais tranquila, pois tem a certeza que seus arquivos, pastas e outras coisas importantes estão salvas no backup salvo no HD externo.

 

A melhor maneira de fazer backup no Mac é utilizando o Time Machine, que é um sistema de backup integrado ao sistema operacional do seu computador. Com ele você conseguirá ter uma cópia exata do seu computador com todos os seus arquivos podendo recuperar um arquivo ou o sistema inteiro em apenas alguns minutos e de uma forma muito simples e intuitiva.

 

Importante: Utilize um HD externo ou o Time Capsule da Apple, para garantir possuir um backup de segurança se algo acontecer com o seu Mac. Se utilizar o Time Machine para fazer o backup dos seus arquivos não aconselhamos particionar o seu HD, pois se algo acontecer com o seu HD, você também perderá o seu backup. 

 

Veja uma aula completa sobre backup do seu Mac. Conteúdo muito útil, que vai te ajudar com seu computador Apple!

Você ainda pode utilizar outras opções, como fazer backup dos seus arquivos mais importantes copiando-os em DVDs (caso ainda tenha leitor no seu Mac) e Pen Drive, ou ainda utilizar algum algum serviço de armazenamento na nuvem como o iCloud ou Dropbox. Isso vai te ajudar não perder nenhum arquivo importante, em caso de problema com seu Mac.

 

Passo 2 – Mantenha tudo atualizado

Manter o sistema do seu Mac e demais programas atualizados não só o previne de erros e bugs, também irá te ajudar a ter mais segurança. O motivo é que muitas atualizações, além de melhorar a usabilidade e desempenho, também ajudam a corrigir possíveis falhas de segurança.

 

Para atualizar o seu computador Apple basta seguir os seguintes passos:

 

1. Clique no menu “Apple” (Maçã na parte superior esquerda) e em seguida clique em “Preferências do sistema”

2. Na janela que se abriu, clique em “Atualização de Software”

3. Em seguida, basta aguardar o sistema encontrar as atualizações. No final, basta clicar em “Atualizar Agora”

Se por algum motivo seu Mac, tem um sistema de atualização diferente do que mostramos acima, veja o tutorial oficial Apple clicando aqui.

 

 

Passo 3 – Apague Arquivos e Apps Desnecessários

Outra ação importante para a manutenção preventiva do seu Mac é apagar os arquivos e programas que você não utiliza mais, além de liberar mais espaço no seu HD,  você ainda economiza tempo quando for fazer o backup do seu computador.

 

Para apagar os arquivos inúteis do seu Mac é bem simples, basta arrasta-los para a lixeira e depois esvaziar a lixeira. Para desinstalar programas, você também pode arrasta-los para a lixeira, mas isso não funciona em todos os apps.

 

Para ajudar, gravei uma videoaula prática ensinando como apagar aplicativos no Mac (todos os métodos)

 

Link do CleanMyMac:  Clique aqui!

 

Passo 4 – Apague Arquivos Duplicados

Muitas vezes não nos damos conta de quantos arquivos duplicados nós temos, principalmente fotos e filmes, que costumam ocupar muito espaço do Mac. O problema é que nem sempre é fácil encontrar e apagar esses arquivos duplicados. É nesta hora que aplicamos a tecnologia de softwares terceiros homologados pela Apple.

 

Aqui, deixo o Gemini como sugestão de app para apagar arquivos duplicados. O bom do Gemini é que, como é autorizado pela Apple, ele tem acesso a partes do sistema.

 

 

Após o scan o Gemini irá mostrar todos os arquivos que você possui duplicados no seu Mac inclusive com uma opção muito legal que mostra, por exemplo, a foto que está com melhor qualidade para que você delete as fotos duplicadas com pior qualidade. Vale lembrar que o Gemini não apaga os arquivos automaticamente, ele apenas busca e mostra para você os arquivos que estão duplicados, e cabe a você analisar se realmente quer apagar os arquivos duplicados.

 

Infelizmente o Gemini não é gratuito, mas vale a pena! Para fazer o download do clique AQUI.

 

Passo 5 – Faça a Manutenção Semanal

A manutenção periódica do Mac previne erros de sistema, acúmulo de memória cache e outros dados inúteis no seu computador. Para essa função, gosto muito do CleanMyMac. Essa é, sem dúvidas a melhor ferramenta de limpeza para Mac.

 

O CleanMyMac irá ajuda-lo a fazer uma limpeza completa no seu mac e também é uma excelente opção para utilizar junto com o Gemini.

 

Com o CleanMyMac você terá a opção completa para melhorar a lentidão do seu Mac além de limpar todos os cantos do seu Mac, como pastas que não são mais utilizadas, fotos, musicas, programas, widgets, emails e muito mais! E o melhor de tudo é que você ainda consegue agendar a limpeza do seu Mac e nunca mais esquecer de fazer a manutenção preventiva, e o melhor de tudo é que o CleanMyMac sabe exatamente o que pode e o que não pode ser apagado do seu Mac, portanto você não corre risco de apagar arquivos importantes do MAC OS e ter o seu sistema corrompido.

 

Você pode fazer o download gratuito no site oficial do aplicativo AQUI.

 

 

Considerações Finais

Espero que as nossas super dicas de Como Fazer a Manutenção Preventiva do Mac em 5 passos tenha sido útil para você e que você consiga manter o seu Mac sempre em perfeito estado e preparado para qualquer imprevisto. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe nos comentários que iremos ajuda-lo.

 

 

.

Sobre Denis Zangrande

Formado em Sistemas de Informação e apaixonado por tecnologia e em especial pelo universo Mac. Já trabalhei durante 2 anos na Apple prestando suporte e consultoria, onde pude adquirir muito conhecimento sobre a usabilidade e funcionalidades dos equipamentos da Apple.

Como Calibrar o Monitor do Mac – Guia Prático

Como Calibrar o Monitor do Mac – Guia Prático

Se você já ficou olhando para a tela do seu Mac o dia todo, deve ter notado que, embora ela seja linda, ainda não parece perfeita. Ao calibrar o monitor do Mac, você pode ajustar facilmente as configurações de luz e cor.

 

Para quem preparamos este material

Este é um recurso, especialmente útil para pessoas que gostam de jogar ou assistir filmes, também pode ajudar profissionais que trabalham com edição de imagens. Se você se identifica com algum desses perfis, com certeza este material foi feito para você.

 

👉 Veja também: 10 Dicas Para Novos Donos de Mac

Calibrando o monitor do Mac

Neste tutorial vamos te ensinar como calibrar o monitor do seu computador Apple, ajustando e melhorando a qualidade das cores exibidas na tela, vamos lá?

 

1. Clique no Menu Apple > Preferências

 

2. Em seguida clique em “Monitores” ou “Telas”, caso esteja utilizando versões mais recentes do MacOS.

 

 

3. Clique em “Cores”, localizado nas abas na parte superior da janela.

 

4. Em seguida clique no botão “Calibrar” com a “tecla Option” pressionada no teclado. Isso abrirá o Apple Display Calibrator Assistant no Modo Especialista.

 

5. O Modo especialista oferece acesso a mais recursos de calibração de cores.

 

 

6 . Agora, clique em Continuar. De fato, você vai clicar “Continuar” após concluir cada uma das etapas a seguir. Se você não ver esta tela, volte e certifique-se de apertar a tecla “Option no Teclado” ao clicar no botão “Calibrar” 

7. Configure o “Gamma nativo”. Esta configuração, te ajudará a melhorar a visão permitindo manter uma distância de pelo menos um metro de distância de sua tela. Ajuste o controle deslizante esquerdo até que o brilho do logotipo da Apple corresponda ao fundo. Em seguida, ajuste o controle deslizante direito até que a forma do logotipo da Apple seja neutro em comparação com o fundo.

8. Clique em Continuar para repetir a etapa mais quatro vezes. Repetir esta etapa ajuda a determinar as curvas de resposta de luminância nativa de sua tela.

 

9. Configure uma Gamma. Esta configuração permite ajustar o contraste geral da tela. O assistente vai te instruir a verificar a imagem à direita do menu para ver como as diferentes opções de contraste afetam sua tela. Você também verá o nível de gama numérico se ativar a caixa de seleção “Usar gama nativa”.

 

Você pode mover o controle deslizante até atingir o contraste desejado. À medida que ajusta o contraste, você também verá as alterações atualizadas em tempo real no visor.

Importante: É recomendado manter o nível de gama padrão de 2.2 se você estiver usando o Mac para sites, apresentações do PowerPoint e games. Para trabalhar em imagens que serão impressas em máquinas de última geração, um nível de gama de 1.8 é recomendado.

 

10. Escolha um ponto branco. Aqui, você pode personalizar a tonalidade geral da cor de sua tela. Por padrão, a caixa de seleção para Usar ponto branco nativo está habilitada. Para personalizar isso, desmarque a caixa e escolha um ponto branco movendo o controle deslizante. Você também pode escolher entre três predefinições de ponto branco padrão de D50, D65 e 9300

Importante: O ponto branco define como seu monitor verá a cor branca. A maneira como o olho humano vê o branco dependerá do calor da fonte de iluminação. Assim, o ponto branco é medido em graus Kelvin (° K). D50 ou 5000 ° K é melhor para gráficos que serão impressos, pois é o mais próximo do branco neutro. Para gráficos baseados na web ou outro trabalho que será visualizado em uma tela, D65 ou 6500 ° K é recomendado.

 

11. Configure as opções do administrador. Se você tiver privilégios de administrador, poderá decidir se permitirá que outros usuários vejam a tela com as configurações calibradas. Se desejar fazer isso, marque a caixa de seleção Permitir que outros usuários usem esta calibração. Caso contrário, deixe-o desmarcado.

12. Nomeie o perfil de exibição. Se você deseja salvar as configurações de calibração, pode atribuir um nome a elas. Na próxima vez que você quiser usá-lo, simplesmente procure-o no painel Display na guia Color.

13. Verifique o resumo do seu perfil. O “Assistente de Display” fornecerá um resumo de suas configurações calibradas na guia Conclusão. Você pode clicar em Voltar se quiser alterar uma configuração. Caso contrário, clique em Concluído para sair do calibrador.

 

Se você quiser ver suas alterações, volte para Preferências do Sistema> Vídeo> Cor. Em seguida, clique nos diferentes perfis de exibição para ver de qual você mais gosta.

 

 

Considerações Finais

Se você está tendo problemas para calibrar o monitor do Mac, talvez seja a hora de comprar um novo. Confira em nossa loja no Magazine Super Apple. 

 

Video para ajudar : )

 

 

.

.

.

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

5 Dicas Para Melhorar o Desempenho de um Mac Lento – Garantido!

Conheça as 5 Melhores Dicas Para Melhorar seu Mac Lento!

Um Mac Lento te deixa irritado? Se sim, você não é o único! Neste artigo você aprenderá 5 dicas para melhorar o desempenho do seu Mac.

 

Que o Mac é um excelente computador, ninguém tem dúvida, pena que as vezes ele tende a ficar lento. Isso fica nítido quando a bendita bolinha colorida insiste em não parar de girar, mesmo quando queremos fazer tarefas básicas no computador. Se você está passando por isso, sabe do que estamos falando.

 

A boa notícia é que preparamos este material para te ajudar a resolver definitivamente este problema, mesmo sendo um usuário absolutamente iniciante no Mac, o computador da Apple.

 

Mac lento

Para quem preparamos este material

Desenvolvemos este conteúdo para pessoas que estão com dificuldades no uso do Mac, que pode estar lento. Seja para abrir um programa ou enviar um email o Mac sempre demora uma eternidade, o que é terrível.

 

Ao final deste artigo as chances do seu Mac lento se tornar um Mac rápido será muito grande! Veja este conteúdo até o fim, só assim você garantirá o resultado positivo em seu Mac : )

 


🚩 Importante: Se você vai atualizar o sistema seu Mac para a última versão, veja o artigo 4 passos importantes antes de instalar o MacOS . Lembre-se de fazer o backup periodicamente  Clique aqui para aprender como fazer o backup do seu Mac!


 

Mac lento

Principais motivos que deixam seu Mac lento

Qualquer Mac começa a ficar lento com o passar do tempo. Seja um MacBook Pro, iMac ou Macmini, não importa, hora ou outra ele ficará lento. Mas não se preocupe, isso é perfeitamente aceitável.

 

Neste tutorial vamos te mostrar 5 dicas para melhorar o desempenho e deixar o seu Mac mais rápido. Algumas dicas funcionam melhor do que outras (dependendo do modelo do Mac), mas mostraremos todas aqui para que você decida quais usar para transformar um Mac lento em um Mac mais rápido.

 

 

Abaixo alguns motivos que podem deixar seu Mac lento:

 

  • Armazenamento de aplicativos, arquivos e dados desnecessários;
  • Registros e conteúdos de cache;
  • Área de trabalho cheia de arquivos;
  • HD com excesso de dados;
  • Falta de manutenção preventiva

 

Ps. Se você acha que o problema do seu Mac é a internet que está lenta Veja este artigo!

 

Mac lento

Okey Super Apple, mas como resolvo meu problema?

 

A melhor forma de melhorar o desempenho de um Mac Lento é a formatação, o problema é que isso pode afetar diretamente sua produtividade, principalmente se você o utiliza no trabalho. Sem contar no trabalho que dá, pois antes de para formatar seu Mac é preciso fazer o backup, apagar o disco, instalar o novo sistema e só depois trazer seu backup de volta.

 

O motivo é que a formatação limpa completamente o HD do computador, preparando-o para uma nova instalação de sistema operacional, por isso utilize este recurso somente em caso de extrema necessidade. Se você não que ter o trabalho de formatar seu Mac, não tem problema, neste artigo te ensinaremos 5 dicas para melhorar o desempenho do Mac Lento. Vamos lá! : )

 

Veja Também: 5 Motivos Que Deixam Seu Mac Lento e Como Resolve-los

 

 

Mac lento

1. Encerre Programas e Processos Desnecessários

Quando há muitas coisas em execução em segundo plano, o computador Apple não consegue sequer lidar com tarefas simples. Como este é um dos principais motivos que deixam um Mac lento, o ideal é encerrar programas e/ou processos desnecessários sempre que você achar que está difícil utilizar seu Mac.

 

Para descobrir quais programas e processos estão sendo executados em segundo plano, você pode utilizar o aplicativo “Monitor de Atividade”, um aplicativo padrão desenvolvido pela Apple que funciona como uma espécie de Gerenciador de Tarefas do Windows. Você pode abrir o Monitor de Atividade para visualizar todos os programas e processos que estão em execução no seu computador Apple. Para iniciar o Monitor de Atividade, pressione Comando + Espaço para abrir a pesquisa Spotlight, digite Monitor de Atividade e pressione Enter. Você também pode abri-lo acessando-o na pasta Aplicativos/Utilitários

 

Mac lento

 

Clique no cabeçalho “% CPU” para classificar por uso da CPU e ver os aplicativos e processos em execução usando a maior parte da capacidade de processamento. Em alguns casos, pode haver um único aplicativo descontrolado usando 99% da CPU, o que acaba deixando seu Mac muito lento. Para forçar o encerramento de um processo, selecione-o clicando nele e clique no botão X na barra de ferramentas.

 

Mac lento

 

Você também pode encerrar os aplicativos que estão rodando em segundo plano diretamente no Dock do Mac. Para isso, basta encontrar o ícones que tem o pequeno ponto preto abaixo, em seguida clique e segure com o cursor do mouse para encerrar o aplicativo.

 

Mac lento

 


🚩 Importante: Certifique-se de que não está forçando o encerramento de um processo que está fazendo algo importante.  Sempre comece pelos aplicativos que consomem muitos de recursos, desde que não sejam fundamentais para a realização dos seus trabalhos com o Mac neste momento.


 

 

Mac lento

2. Apague Arquivos e Pastas Desnecessários

Nada deixa um Mac mais lento do que ter muita coisa no HD. Se você puder aliviar o excesso de dados no HD do Mac, verá um aumento da velocidade imediatamente. Com certeza, o armazenamento em excesso de aplicativos e arquivos desnecessários é uma das causas mais comuns da lentidão do Mac. Isso ocorre porque dependendo da quantidade, o espaço ocupado no HD ou SSD pode afetar diretamente o processamento do seu Mac, dificultando o sistema de encontrar os arquivos que precisa para rodar 100%.

 

Mac lento

A saída neste casso, é limpar o HD do Mac e liberar espaço para o sistema “rodar mais leve”. Infelizmente, isso não é tão fácil quanto parece. A única parte que consideramos realmente fácil é livrar-se dos seus filmes antigos, organizar a sua área de trabalho e apagar arquivos muito grandes e pesados, aqueles que você não precisa mais.

 

A parte mais difícil é limpar o sistema e descobrir tudo o que pode ser removido com segurança para ter mais espaço. A melhor opção é usar uma ferramenta de limpeza, como o CleanMyMac, que limpa todo o Mac, cuidando tanto da parte fácil, quanto da difícil. Ele sabe o que e onde limpar, e é incrivelmente seguro de usar. Ele remove caches, registros, pacotes de idiomas e muito mais para ajudar a acelerar o Mac — clique aqui e baixe o trial gratuitamente.

 

 

Mac lento

3. Limpe o Ítens de Inicialização

Sempre vale lembrar que uma inicialização limpa ajuda muito a acelerar um Mac lento. Quando o Mac liga mais rápido, ele leva menos tempo para fazer qualquer tarefa que é solicitada. Você praticamente nem precisa esperar que o Safari ou Mail sejam abertos — isso acontece quase que instantaneamente. Mas como conseguir ter essa velocidade com seu Mac? Quando você liga seu computador apple, ele abre vários apps, que podem ser desnecessários no inicio do seu trabalho com o sistema.

 

No Mac é possível configurar para que, ao iniciar o sistema, apps que você utiliza com frequência também sejam iniciados… ou não! Esse é um recurso fantástico, mas dependendo do seu computador pode ser uma pedra no seu sapato. O recomendado é sempre deixar a inicialização limpa, ou seja, ao ligar seu Mac somente o básico, como sistema e recursos como wi-fi serão iniciados.

 

Desative os itens que iniciam com o sistema. Veja abaixo como desativar os itens de inicio no seu Mac:

 

  • Clique no Menu Apple depois em Preferências do Sistema.

Mac lento

  • Agora, clique em Usuários e Grupos.

Mac lento

  • Em seguida clique sobre seu usuário, em seguida Itens de Inicio. Aqui selecione os itens que não deseja que abram quando você ligar o sistema, depois clique no pequeno sinal de menos (-) para exclui-los. Lembre-se de desbloquear o pequeno cadeado, localizado no canto inferior esquerdo da janela:

Mac lento

 

 

 

Mac lento

4. Redefina a NVRAM do seu Mac Lento

Partindo para uma ação mais hardcore recomendamos a redefinição da NVRAM ou PRAM, que zera o que a Apple chama de “memória de acesso aleatório não volátil” e “Parâmertro RAM” respectivamente. Ok, sei que do ponto de vista do leigo, tudo isso pode parecer complexo. Mas não se preocupe, nós vamos te ajudar a entender : )

 

A NVRAM é responsável por armazenar ajustes do sistema, que podem ser acessados rapidamente pelo sistema do seu Mac. Alguns ajustes que podem ser armazenados na NVRAM do seu Mac incluem o volume do som, informações de fuso horário e até qual disco seu computador vai utilizar para carregar o sistema. A PRAM armazena informações parecidas da NVRAM, o que pode mudar são os modelos de Macs, compatíveis com elas.

 

Para redefinir a NVRAM/PRAM siga os passos abaixo:

 

  1. Desligue o Mac.
  2. Localize as seguintes teclas no teclado: Command (⌘), Option, P e R.
  3. Ligue o Mac.
  4. Mantenha as teclas Command + Option + P + R pressionadas imediatamente após ouvir o som de inicialização.
  5. Mantenha essas teclas pressionadas até o computador inicializar e você ouvir o som de inicialização pela segunda vez.
  6. Solte as teclas.

mac lento

 

 

Mac lento

5. Recorra a Softwares Terceiros

Se você não estiver com tempo (e disposição) para passar algumas horas tentando deixar o Mac mais rápido, talvez seja interessante recorrer a softwares que pode te poupar de todo trabalho manual. Já testamos vários desses que se auto-intilulam “limpadores de Mac” e o CleanMyMac foi o único que aprovamos. Ele é a melhor forma de acelerar um Mac, mesmo que seja antigo. Um de seus principais recursos de velocidade combate a lentidão no sistema, além de:

 

  • Desativar apps travados;
  • Liberar memória RAM com um clique;
  • Desinstalar aplicativos desnecessários e malwares;
  • Desativar altos consumidores de memória;
  • Executar scripts de manutenção do macOS;
  • Desativar itens de início extras e muito mais.

 

Veja o video demonstrativo ⤵️

 

 

🚩 Clique aqui para baixar sua cópia do CleanMyMac

 

Mac lento

BÔNUS: Verifique Vírus e Malware

Sabemos que o Mac tem menos probabilidade de pegar um vírus do que o Windows. No entanto, isso não quer dizer que seu Mac não ficará infectado.

Existe sim a possibilidade de infecção por vírus ou malware, por isso certifique-se de ter um bom antivírus, pois um Mac infectado tende a ficar lento. Embora o Mac tenha um sistema consideravelmente seguro, ele não é garantido 100%, infelizmente :-/

Neste artigo sugerimos os 6 melhores antivírus para Mac!

 

 

Super Videoaula Prática!

Se você fez tudo que sugeri no artigo e ainda assim seu Mac ficou lento, considere outras soluções que apresento nesta videoaula:

 

Mac lento

Considerações finais

Lembre-se que estas 5 dicas são apenas para tentar melhorar o desempenho de imediato, mas dependendo da situação, podem não corresponder suas expectativas. Nos últimos anos muitas aplicações tem sido desenvolvidas com vários recursos, o que as tem deixado muito pesadas, o que pode ser um problema no caso de Macs mais antigos. Se este for seu caso considere um up-grade de hardware como memória ram e HD, além de uma formatação é claro. Espero que aproveite as dicas e que seu Mac Lento não fique tão lento assim : )

 

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

[Garantido] 3 Maneiras de Recuperar Arquivos Deletados No Mac

3 Formas de recuperar arquivos deletados no Mac, sim você pode!

Aprenda como recuperar arquivos apagados do seu computador Apple, mesmo que a lixeira esteja esvaziada.

 

Sem querer você apagou um arquivo importante no seu Mac? Se sim, não se preocupe, você tem 3 maneiras de recuperar seus arquivos deletados no Mac. Neste artigo você aprenderá formas de recuperar arquivos deletados no Mac através de 3 dias práticas.

 

🚩 Importante: faça os procedimentos para recuperar seus arquivos utilizando uma (ou mais) maneiras abaixo o quanto antes, isso por que se o arquivo apagado do Mac for subscrito, suas chances serão muito pequenas!

 

Para quem preparamos este material

Escrevemos este artigo focado em ajudar pessoas comuns que utilizam o computador da Apple, mas que por algum motivo apagaram arquivos importantes do Mac, esvaziando inclusive a Lixeira do computador.

 

Se este for seu caso, não se preocupe, você não é o único! Isso é mais comum do que você imagina : ) Vez ou outra temos alunos com dificuldades de recuperar arquivos apagados do computador. Veja este artigo até o fim, você vai conseguir recuperar os arquivos apagados do seu Mac : )

 

 

Porque recuperar arquivos deletados no Mac?

Quando você esvazia a Lixeira do Mac, não significa que os arquivos foram definitivamente excluídos, mas sim que o acesso a eles foi negado a pelo do sistema. Em outras palavras, muitos dos arquivos deletados ainda estão no HD do computador aguardando a subscrição de outros arquivos, ou seja, até que outros arquivos ocupem aquele espaço passando por cima dos seus arquivos deletados no Mac.

 

Isso significa que você ainda tem uma chance de recuperar seus arquivos que foram deletados do seu Mac…

Siga os passos deste artigo o quanto antes, caso contrário o risco de você perder os arquivos definitivamente é muito grande. Importante: Isto só é válido se você não esvaziou o Lixo no modo “Esvaziamento Seguro” do Menu Finder no canto superior esquerdo, ok?

como_recuperar_arquivos_deletados_no_Mac

 

3 Maneiras de Recuperar Arquivos Deletados No Mac

Basicamente, existem três formas de recuperar arquivos deletados no Mac. Embora pareçam simples, as três dicas abaixo são muito funcionais e garantem o resultado para a maioria das pessoas que as utilizam.

 

Se você aplica-las no seu Mac com certeza terá algum resultado, podem recuperar até 100% dos seus arquivos apagados do HD. Agora chega de enrolação, vamos para elas:

 

1. Pela própria Lixeira

Recentemente escrevi um artigo ensinando como restaurar arquivos deletados no Mac de volta ao local de origem.

 

Este artigo foi criado com foco em novos usuários de Mac, portanto seu conteúdo é básico. De qualquer forma, nele ensino como recuperar arquivos deletados colocando-os no local de origem. Para acessar o conteúdo deste arquivo clique aqui! Já vi este recurso ajudar muitas pessoas, principalmente quando não se sabe o local de origem do arquivo apagado no Mac.

 

2. Pelo Backup do Time Machine

Se você tem o bom hábito de fazer backup do seu Mac regularmente com o Time Machine, com certeza terá uma cópia segura dos seus arquivos no seu Time Capsule ou HD externo. O Time Machine é o sistema oficial de backup do Mac, com ele você faz o backup automático caso utilize o Time Capsule.

Para aprender como recuperar seus arquivos deletados veja este artigo, onde ensino TUDO sobre o backup do Mac. Se você quiser uma aula prática, seja este vídeo: Backup do Mac – Guia Prático do Usuário

Lembre-se de ter o backup como prioridade no seu dia a dia ok?

: )

 

3. Por aplicativos de terceiros

Existem diversas soluções de terceiros que permitem a recuperação informações perdidas em seu HD. Algumas soluções são boas, outras nem tanto, principalmente os gratuitos. Eu particularmente, só uso o DiskDrill, que acredito ser o melhor do mercado. Com o DiskDrill é possível recuperar arquivos deletados do Mac de forma prática e rápida!

 

👉 Clique aqui para baixar uma cópia no seu Mac

O DiskDrill Funciona! Veja o vídeo.

 

Como o DiskDrill é fácil de usar, qualquer pessoa, mesmo com pouco conhecimento no Mac pode recuperar arquivos como fotos, filmes, músicas e arquivos de texto, slides e planilhas.

 

Tenho certeza que você conseguirá recuperar seus arquivos apagados no Macbook, iMac ou Mac mini. O fato é que todas resolverão o seu problema, pelo menos teoricamente. Clique aqui para baixar o DiskDrill

 

Considerações Finais

Todos os aplicativos que recuperam dados do Mac utilizam recursos similares, mas há alguns que além de não recuperarem todos os arquivos ainda deixam o Mac lento. Por este motivo vou recomendar somente o DiskDrill.  Infelizmente não encontrei nenhum aplicativo do tipo em português, por isso se você não tem domínio de inglês procure alguém que o tenha para te auxiliar.

Se você gostou do artigo não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Forte abraço e até a próxima!

Seu Mac faz muito mais!

Deixe seu comentário abaixo…

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

5 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre o Pré-Visualização no Mac

Conheça 5 Super Dicas Que Você Precisa Saber Sobre o Pré-Visualização no Mac

Super Dicas de Pré-Visualização no Mac

 

De todos os aplicativos que já vem instalados no Mac, provavelmente o Pré-Visualização é o que mais utilizamos. Embora esse pequeno programa não cause muito impacto visual, ele trabalha muito bem nos oferecendo possibilidades úteis para o dia a dia.

 

Aqui no blog já ensinamos como converter várias imagens de uma vez utilizando o Pré-visualizador e como adicionar textos em fotos.Como estes tutoriais foram muito bem aceitos e acessados, vamos seguir nesta linha oferecendo mais soluções práticas para nosso dia a dia!

 

Desta vez vamos te ensinar 5 dicas que você precisa saber sobre o Pré-Visualização no Mac. Dicas estas, que farão muita diferença em sua produtividade, vamos lá?

 


Veja também

 

Para quem preparamos este material

Preparamos este material (cuidadosamente diga-se de passagem) para pessoas que utilizam o Mac em seu dia a dia.

Nosso objetivo é mostrar real potencial que o Pré-Visualização pode oferecer para pessoas que utilizam o Mac para profissionalmente, ou simplesmente para uso pessoal.

 

1. Múltiplos arquivos: Mesmo que os arquivos tenham formatos diferentes, o Pré-Visualizador abre todos de uma só vez. Você pode abrir uma janela de visualização para cada um deles, mas é bem mais fácil trabalhar com vários arquivos em uma única janela. Para isso faça o seguinte:

➡ Selecione um ou mais arquivos pressionando shift + clique do mouse. Para selecionar arquivos aleatórios, clique sobre eles com a tecla command pressionada. Após selecionar clique com o botão secundário do mouse e escolha Abrir com > Pré-Visualização.

Note que o Pré-visualizador abriu os três arquivos, mesmo que os mesmos tenham formatos diferentes como JPG, PNG e PSD. Importante: se acontecer do Pre-Visualização abri-los em janelas diferentes, você poderá combina-las clicando em Janela > Combinar todas as janelas

Feito isso, note que os arquivos ficarão separados por abas! Assim, será possível manipulá-los em uma única janela, facilitando muito nossa vida : )

 

2. Balões de Fala: Se você é daqueles(as) que gosta de um meme, principalmente quando for para brincar com amigos e familiares, esta é uma ótima dica.

Com o Pré-Visualização no Mac é possível utilizar notas e balões de fala para comentar textos em uma imagem (foto do iPhone por exemplo) e PDF. Estes itens costumam ser utilizados em conjunto com as ferramentas de destaque, sublinhado e tachado que ficam posicionadas na parte de cima do aplicativo.

 

3. Compartilhamento de arquivos: Sim, é possível compartilhar seus arquivos a partir do Pré-Visualizador. Isso inclui email, iMessage, AirDrop, Twitter, Facebook e Flickr. Para compartilhar seu arquivos clique na pequena seta localizada na parte superior da janela do programa.

 

4. Edição de cores: Um recurso muito útil do Pré-Visualização no Mac é o Editor de cores, principalmente quando se está navegando por fotografias. Para utilizá-lo clique no menu Ferramentas > Ajustar Cor.

 

 

Depois de clicar em Ajustar Cor, uma pequena pop-up se abrirá na tela com opções de configuração de cores e ajustes finos. Nela você poderá fazer os ajustes que desejar…

Agora ferramentas como Exposição, Contraste e Saturação estarão disponíveis no Pré-Visualização.

 

 

5. Apresentação de Slides: Com o Pré-Visualização do Mac também é possível apresentar suas imagens em slides, o que facilita muito, principalmente se você tiver que mostrar as fotos na pequena tela de um Macbook Air de 11 ou 13 polegadas por exemplo.

Com as imagens abertas clique em Visualizar > Apresentação de Slides

Depois disso sua imagem (ou suas imagens) aparecerá em tela cheia. Vale lembrar que depois que elas estiverem em tela cheia aparecerá algumas opções de comando na parte inferior da tela, elas servem para avançar, pausar ou retroceder sua apresentação.

Espero que as dicas sejam úteis! Não deixe de seguir o Super Apple nas redes sociais, ok? Se quiser conhecer mais funções do Preview do MacOS você pode clicar aqui para acessar o material oficial da Apple.

Forte abraço e até a próxima.

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

Como Avaliar o Estado da Bateria do Mac

Aprenda Avaliar o Estado da Bateria do Mac – Mesmo sendo absolutamente iniciante

 

Como avaliar o estado da bateria do Mac.

 

Sem dúvida, uma das GRANDES vantagens ao comprarmos um notebook é a portabilidade. É assim com usuários de Windows e Mac. No entanto, o que mais pesa na hora de escolhermos o novo (ou semi novo) notebook, não é somente o peso em si, mas também a durabilidade da bateria do Macbook!

 

➡ Veja também: Como maximizar a vida da bateria do iPad e iPhone em viagens.

 

Neste tutorial vamos te ensinar a avaliar o estado da bateria do Macbook, a partir da contagem de ciclos. Vamos lá?

 

Para quem preparamos este material

Este material foi cuidadosamente preparado para ajudar pessoas que querem comprar ou vender um Macbook semi-novo. Também pode ser utilizado por pessoas que já utilizam o Macbook a algum tempo e precisa avaliar o estado da bateria do Mac.

 

Veja também: 7 Dicas importantes antes de comprar um Macbook usado

 

O que são ciclos?

Se você não sabe muito bem o que são Ciclos de bateria, não se preocupe, pois não está só. A primeira coisa que você precisa saber para avaliar a bateria do Mac é a quantidade dos ciclos. Um ciclo de carregamento ocorre quando utilizamos TODA a energia da bateria do Mac.

 

Sendo mais objetivo é uma carga e descarga completa da bateria, no entanto isso não necessariamente significa que o ciclo será fechado um só carregamento.

 

Por exemplo, você pode utilizar a metade da carga da bateria em um dia e depois recarregá-la totalmente. Se você fizer o mesmo no dia seguinte, se completaria apenas um ciclo de carregamento, e não dois.

 

➡ Veja também:  5 dicas que você precisa saber sobre o Pré-visualizador

 

 

Como verificar os ciclos da bateria do Mac

O ponto de partida para você avaliar o estado da bateria do seu Mac é verificar a contagem dos ciclos, para isso siga os passos abaixo:

  • Clique no Menu Apple > Sobre este Mac

  • Em seguida clique em Relatório do Sistema

  • Agora clique em Alimentação e localize “Informações de Ciclo”, que é onde você vai encontrar a quantidade de ciclos da bateria do Mac.

Quantos ciclos a bateria do meu Mac aguenta?

Bom, cada Mac deve ser avaliado de forma diferente, isso por que são diferentes estruturas de hardware.

No caso do exemplo, a contagem de Ciclos está em 384, o que é um bom sinal, considerando que é um Macbook Pro de 2013. Na lista abaixo você terá a relação dos Macs com os máximos ciclos correspondentes.

 

➡ Lista de MacBooks juntamente com a contagem máxima de ciclos

Veja abaixo a lista completa e descubra a quantidade de ciclos que a bateria do seu Mac aguenta!

 

Computador Contagem máxima de ciclos
MacBook
MacBook (Retina, 12 polegadas, 2017)
MacBook (Retina, 12 polegadas, início de 2016)
MacBook (Retina, 12 polegadas, início de 2015)
MacBook (13 polegadas, meados de 2010)
MacBook (13 polegadas, final de 2009)
1.000
MacBook (13 polegadas, alumínio, final de 2008) 500
MacBook (meados de 2009)
MacBook (início de 2009)
MacBook (final de 2008)
MacBook (início de 2008)
MacBook (final de 2007)
MacBook (meados de 2007)
MacBook (final de 2006)
MacBook (13 polegadas)
300
MacBook Pro
MacBook Pro (15 polegadas, 2019)
MacBook Pro (13 polegadas, 2019, quatro portas Thunderbolt 3)
MacBook Pro (15 polegadas, 2018)
MacBook Pro (13 polegadas, 2018, quatro portas Thunderbolt 3)MacBook Pro (15 polegadas, 2017)
MacBook Pro (13 polegadas, 2017, quatro portas Thunderbolt 3)
MacBook Pro (13 polegadas, 2017, duas portas Thunderbolt 3)
MacBook Pro (15 polegadas, 2016)
MacBook Pro (13 polegadas, 2016, quatro portas Thunderbolt 3)
MacBook Pro (13 polegadas, 2016, duas portas Thunderbolt 3)
MacBook Pro (Retina, 13 polegadas, início de 2015)
MacBook Pro (Retina, 13 polegadas, meados de 2014)
MacBook Pro (Retina, 13 polegadas, final de 2013)
MacBook Pro (Retina, 13 polegadas, início de 2013)
MacBook Pro (Retina, 13 polegadas, final de 2012)
MacBook Pro (13 polegadas, meados de 2012)
MacBook Pro (13 polegadas, final de 2011)
MacBook Pro (13 polegadas, início de 2011)
MacBook Pro (13 polegadas, meados de 2010)
MacBook Pro (13 polegadas, meados de 2009)
MacBook Pro (Retina, 15 polegadas, meados de 2015)
MacBook Pro (Retina, 15 polegadas, meados de 2014)
MacBook Pro (Retina, 15 polegadas, final de 2013)
MacBook Pro (Retina, 15 polegadas, início de 2013)
MacBook Pro (Retina, meados de 2012)
MacBook Pro (15 polegadas, meados de 2012)
MacBook Pro (15 polegadas, final de 2011)
MacBook Pro (15 polegadas, início de 2011)
MacBook Pro (15 polegadas, meados de 2010)
MacBook Pro (15 polegadas, 2,53 GHz, meados de 2009)
MacBook Pro (15 polegadas, meados de 2009)
MacBook Pro (17 polegadas, final de 2011)
MacBook Pro (17 polegadas, início de 2011)
MacBook Pro (17 polegadas, meados de 2010)
MacBook Pro (17 polegadas, meados de 2009)
MacBook Pro (17 polegadas, início de 2009)
1.000
MacBook Pro (15 polegadas, final de 2008) 500
MacBook Pro (15 polegadas, início de 2008)
MacBook Pro (15 polegadas, 2,4/2,2 GHz)
MacBook Pro (15 polegadas, Core 2 Duo)
MacBook Pro (15 polegadas, brilhante)
MacBook Pro (15 polegadas)
MacBook Pro (17 polegadas, final de 2008)
MacBook Pro (17 polegadas, início de 2008)
MacBook Pro (17 polegadas, 2,4 GHz)
MacBook Pro (17 polegadas, Core 2 Duo)
MacBook Pro (17 polegadas)
300
MacBook Air
MacBook Air (Retina, 13 polegadas, 2018)

MacBook Air (13 polegadas, 2017)
MacBook Air (11 polegadas, início de 2015)
MacBook Air (11 polegadas, início de 2014)
MacBook Air (11 polegadas, meados de 2013)
MacBook Air (11 polegadas, meados de 2012)
MacBook Air (11 polegadas, meados de 2011)
MacBook Air (11 polegadas, final de 2010)
MacBook Air (13 polegadas, início de 2015)
MacBook Air (13 polegadas, início de 2014)
MacBook Air (13 polegadas, meados de 2013)
MacBook Air (13 polegadas, meados de 2012)
MacBook Air (13 polegadas, meados de 2011)
MacBook Air (13 polegadas, final de 2010)

1.000
MacBook Air (meados de 2009) 500
MacBook Air (final de 2008)
MacBook Air
300

 

Considerações finais

Não existe uma fórmula mágica para manter a bateria sempre nova, o que existe são algumas técnicas e configurações, mas este será o tema do próximo artigo : ) Para conhecer mais (e melhor) a tecnologia da bateria dos Macbook recomendo a leitura deste material oficial Apple!

Fique ligado e não deixe de nos seguir das redes sociais
.
.

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

7 Formas de Acelerar a Internet do Mac – Garantido!

[Garantido] 7 Formas de Acelerar a Internet do Mac

A internet é a única porta do seu Mac para o resto do mundo. É através dela que você pode enviar e receber emails, baixar filmes e fotos, fazer chamadas por vídeos-conferências, etc…

As vezes a internet do Mac fica lenta, o que pode comprometer sua  navegação. Quando isso acontece, o que você faz para garantir uma boa experiência de navegação?

Mesmo que você tenha uma internet muito rápida, pode ser que precise fazer alguns ajustes e otimizações para tirar o máximo da sua conexão de internet em seu Mac…

 

Para quem preparamos este material

Este guia explica algumas das formas mais comuns (e não tão comuns) para garantir que a Internet do Mac seja muito mais rápida. Será muito útil para pessoas que estão com dificuldades ao acessar a internet no Mac.

Antes de começar!

Antes de começar, é importante lembrar que a velocidade fornecida por seu servidor de internet, tem suas limitações. A velocidade da internet no Mac pode variar dependendo de uma série de fatores como horário e quantidade de dados transmitidos pelo seu roteador.

Partindo desse principio, pode ser que, a velocidade contratada não chegue totalmente no seu Mac.

Por isso, o primeiro passo é testar a velocidade da Internet do Mac. Existem várias maneiras de fazer isso, mas o mais fácil (e rápido) é usar um de teste de velocidade, como o SpeedTest.net.

Depois de testar e checar a internet do seu Mac, siga para os próximos passos.

 

Como Acelerar a Internet do Mac

Veja abaixo as 7 formas de acelerar a internet do seu Mac. Espero que sejam úteis para você : )

1. Substitua a Rede Wi-Fi pelo Cabo de Rede

Embora muitas pessoas não saibam, o cabo de rede (conhecido como cabo Ethernet ou RJ-45) pode ser mais rápido que o Wi-Fi (Sinal sem fio emitido pelo roteador).

O motivo é simples, o Wi-Fi raramente atinge a mesma velocidade que um cabo Ethernet devido a perda de sinal, barreiras causadas por móveis ou paredes e interferências causadas por outras redes da mesma frequência.

Se você utiliza um Macbook que não possui a entrada de rede, recomendo que utilize um adaptador USB para Ethernet. Veja na imagem abaixo.

 

2. Reposicione seu Roteador Sem Fio

Se você faz questão de utilizar a rede Wi-Fi por que também tem outros dispositivos como iPad e iPhone, uma boa opção é simplesmente reposicionar o Roteador em um local que não tenha barreiras ou obstruções.

Mova-o para um ponto central da casa ou perto dos equipamentos que deseja  conectar a internet.

reposicionar o roteador

Outra dica é substituir o seu roteador (especialmente se for um modelo mais antigo) para um modelo mais recente, se possível compatível com 802.11n que suporta velocidades mais altas e um maior alcance físico, característica dos novos Macs.

O Time Capsule pode ser uma boa opção, considerando que ele também fará o backup automático do seu computador Apple.

 

3. Verifique as Configurações do Roteador e do Mac 

Seu roteador/modem é a ligação física entre o Mac e o mundo exterior, através da internet, fato! É sempre bom verificar se há algo errado com a sua instalação e configuração entre seu roteador e o Mac.

Você pode acessá-lo a partir do seu Mac, digitando o seu endereço IP (como 192.168.2.1, que normalmente é o padrão) no seu navegador e olhando para os seus vários menus e opções. Pode haver uma senha de administrador para o painel de administrador do roteador, onde é possível fazer as configurações.

Formas de Acelerar a Internet do Mac

A maioria dos roteadores tem uma seção para arquivos de log que pode lhe dar uma pista se existem problemas técnicos, e você pode verificar em que velocidade ele pensa que está conectado a rede.

 

4.  Ative a Senha de Segurança Sem Fio

Configurar a senha de segurança na sua rede Wi-Fi garante que ninguém mais, além de você, utilize sua conexão de Internet. Se a senha não está habilitada, pode ser que seus vizinhos não estejam apenas pegando carona em sua conexão tendo livre acesso, não só a sua internet, mas a sua rede com todos os usuários e arquivos locais….

Normalmente o roteador oferece configurações de segurança sem fio, como Open, Shared, WEP, WPA e WPA2…

Ainda no painel do roteador, escolha algo como WPA2-PSK que fornece um nível razoável de segurança e que ninguém poderia adivinhar facilmente. Vale a pena ler-se sobre as várias opções de segurança e escolher o mais forte suportado pelo seu router e os seus dispositivos.

 

5. Redefina o Safari

A maioria dos usuários de Mac utiliza o Safari com o navegador padrão. Realmente ele é um dos melhores navegadores disponíveis, entretanto pode ser que com o tempo e uso ele tende a ficar lento.

Para ter um bom desempenho em na navegação do Mac é redefinir o Safari, para isso siga os passos deste tutorial!

 

6. Utilize outro navegador

O Safari é considerado um dos navegadores mais rápidos disponíveis.  No entanto, algumas pessoas utilizam outros navegadores populares como o Firefox e Chrome.

No Mac, o Safari geralmente ganha os testes de velocidade (que seria muito embaraçoso para a Apple se fosse diferente!), mas pode valer a pena tentar outro navegador só para verificar se ele faz alguma diferença na velocidade.

 

7. Faça Um Upgrade de Plano Na Sua Operadora

Pode parecer um conselho de senso comum, mas se você realmente quer ter a Internet mais rápida, então você precisa aderir um pacote premium adequado com o seu Provedor de Serviços de Internet. Não adianta ter os melhores Macs em casa, limitando-se a uma conexão de 1 ou 2 Mbps.

Dependendo de onde você mora, é relativamente fácil contratar velocidades de 20 Mbps, 50 Mbps e até 100 Mbps. 

 

Videoaula Prática com 3 Dicas Para Melhorar a internet lenta no Safari do Mac

Para ajudar e talvez complementar mais informações para deixar sua navegação na internet mais rápida, também publiquei uma videoaula prática no Youtube!

 

 

Considerações Finais

Estas são apenas algumas dicas para melhorar a internet do Mac. Se apesar de tudo seu Mac continuar lento, recomendo a leitura do artigo 5 Dicas Para Melhorar o Desempenho de um Mac Lento.

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

Como Remover o Fundo Branco de uma Imagem no Mac

Como Remover o Fundo Branco de uma Imagem no Mac

Tirar o fundo de uma imagem é um recurso muito útil, principalmente quando a imagem será apresentada para outras pessoas. Programas como Photoshop, da Adobe, fazem muito bem essa tarefa, o problema é que ele não é tão acessível como deveriam, e podem custar até US$ 1.150,00.

Há opções de softwares menos caros, inclusive para smartphones, mas ainda assim isso pode ser difícil para algumas pessoas.

Veja também:

 

Para quem preparamos este material

Muitas pessoas precisam editar uma foto, mesmo que seja eventualmente. Acontece que algumas pessoas, principalmente as iniciantes, tem dificuldades com softwares mais complexos como Photoshop.

A boa notícia é que alguns desses recursos também estão disponíveis no Mac. Hoje vamos te ensinar a remover o fundo branco de uma imagem no Mac, tarefa muito simples e funcional. Vamos lá?

 

Imagem sem fundo? Sim!

1. Abra a imagem com o Pré-visualizador. Em seguida Clique em “Mostrar Barra de Ferramentas de Marcação” a pequena ponta de marca texto apontada para cima, depois em “Alfa instantâneo” representado pela varinha mágica.

2. Agora clique e arraste para selecionar a área que deseja apagar, depois que a imagem estiver selecionada conforme indicado abaixo, pressione Delete no teclado.
O Pré-visualizador perguntará se você deseja converter a imagem para a extensão .PNG, ideal para imagens sem fundo. Clique em Converter

Veja os detalhes na videoaula abaixo

Na dúvida veja o vídeo e aprenda como remover o fundo branco de uma imagem no Mac

 

Considerações finais

A Ferramenta Alfa Instantâneo também está disponível em outros programas da Apple como Keynote e Pages, integrantes do pacote iWork. Vale lembrar que imagens com outras cores de fundo também poderão ser editadas, desde que a imagem seja de cor predominante como preto, azul ou amarelo.

Não deixe de nos seguir nas redes sociais:

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

[Guia Prático] Como Selecionar Vários Itens no Mac!

Como selecionar vários itens no Macbook e iMac 

Aqui no blog já ensinamos várias dicas para usuários de Macbook e iMac, desde dicas para quem digita muito no Mac até como adicionar link em mensagens de email no Mac. Hoje vamos falar de seleção de itens no Mac.

Selecionar um arquivo no Macbook é relativamente simples, porém há muitos usuários que encontram dificuldades na seleção múltiplos itens simultaneamente.  Neste artigo vamos te ensinar 4 formas para selecionar e escolher um grupo de arquivos.

 

Por que selecionar múltiplos arquivos de uma vez?

Saber selecionar vários itens de uma única vez poderá te ajudar em diversas tarefas diárias como enviar vários arquivos por email, transferir dados de uma pasta para um HD externo e até gerenciar outras informações como contatos e calendários.

 

1. Clicar e arrastar

De longe, esta é a forma mais fácil de selecionar múltiplos itens no Mac. Para utiliza-la basta clicar próximo (Não em cima) de um dos itens, segurar e arrastar o mouse até onde deseja selecionar.

 

2. Todos itens de uma vez

Esta também é uma boa forma de seleção, uma vez que é também é bem simples e funcional. Estamos falando do command + A que também pode ser utilizado através do menu Editar > Selecionar tudo.

 

 

3. Shift + clique

Este recurso te permite selecionar sequencialmente itens, para clique sobre o primeiro ou último item, depois pressione a tecla shift do teclado e clique no outro item.

 

4. Command + clique

É possível que você queira selecionar itens aleatoriamente, para isso o Mac OS X te oferece o command + clique, que permite a seleção personalizada. Com o command pressionado clique sobre os itens que deseja selecionar.

 

Veja a Videoaula prática!

 

 

Considerações finais

Lembre-se que estes recursos podem ser utilizados em quase todas as aplicações instaláveis no Mac OS X, incluindo a seleção de músicas para criação de playlists no iTunes e emails de um único remetente, que pode ser direcionado manualmente para pastas específicas.

 

: )

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.

5 Passos Para Manter Seu Mac Funcionando 100%

5 Passos Para Manter Seu Mac Funcionando 100%

Já pensou em ter um Mac funcionando 100%? E se nunca mais precisasse de um técnico para formatar seu computador sempre que ele fica lento?

Sim, você pode ter um computador rápido, seguro e atualizado!  Neste artigo vamos te mostrar os 5 princípios da manutenção do Mac que muitos técnicos utilizam para “consertar” um Mac, o computador da Apple.

 

Para quem preparamos este material

Este material foi desenvolvido para ajudar pessoas comuns que usam o Mac em seu dia-a-dia, seja para uso pessoal ou profissional.

Não podemos nos esquecer daqueles que precisam fazer a manutenção preventiva em seu computador Apple.

 

Mão na Massa!

Agora vamos por a mão na massa. Antes só gostaríamos de pedir que siga detalhadamente cada um dos itens abaixo disponibilizados, pois só assim garantiremos resultados que manterão seu Mac funcionando 100%! 

Também não podemos deixar de mencionar que você deve ter um backup atualizado em sua máquina, isso vai permitir que você tenha a garantia da integridade dos seus dados. Nesta videoaula você vai aprender como fazer o backup do seu Mac da forma correta.

 

1. Faça o Backup do Backup

Pode até parecer paranóia, mas manter um backup do backup é muito importante. Principalmente se considerarmos que alguns HDs externos podem apresentar problemas de leitura, principalmente os mais antigos.

Mac como fazer o backup do backup? 

Para fazer o backup do backup você pode utilizar o Time Machine duas vezes, mas em HDs externos diferentes. Assim você conseguirá clonar seu computador(es) duas vezes sem grandes dificuldades.

Outra opção é copiar e colar os arquivos de backup de um HD para outro. Neste caso lembre-se que este processo manual pode demorar um pouco mais.

 

 

2. Formate o HD do Seu Mac

Se você utiliza seu Mac a mais de 1 ano sabe o que é vê-lo ficando lento aos poucos, este é uma dos principais motivos para formatar seu HD.

Embora formatar o HD do Mac seja uma ação simples é importante ter cautela. O motivo é que formatar, significa apagar (literalmente) o HD do seu computador. Claro que isso não tem problema nenhum, desde que você tenha um backup atualizado.

A formatação resolve um monte de problemas, incluindo a lentidão do Mac.

Para formatar o HD do Mac basta pressionar o Command + R, isso no caso dos Macs mais recentes, em seguida utilize o utilitário de disco para apagar o HD.  Para ajudar deixo aqui o tutorial para te ajudar nesta tarefa.

Vale lembrar que para o bom aproveitamento deste processo você precisará ter seu Mac conectado a uma boa conexão de internet.

Ao final você terá um Mac totalmente limpo ou seja, como veio de fábrica, legal né?

 

3. Apague Programas Inutilizados

A App Store, loja de aplicativos da Apple veio para ficar. Agora está cada vez mais fácil baixar apps no Mac.

Com isso, costumamos ter muitos instalados em nosso computador. Até ai tudo bem, o problema é que muitos desses apps não são baixados da Mac App Store e acabam entrando no Mac de uma forma que é praticamente impossível desinstala-lo sem deixar resíduos.

Ainda bem que temos alguns programas que facilitam essa tarefa, como é o caso do CleanMyMac que remove até o MacKeeper…

Se você tiver dúvidas de como apagar aplicativos no Mac, não deixe de ver este artigo onde ensinamos como fazer isso passo-a-passo : )

Dica Rápida: Apps baixados da Mac App Store podem sem desinstalados a partir da tela do LaunchPad com a tecla Option pressionada.

 

4. Tenha um bom sistema de segurança

Você sabe responder se o Mac pega vírus? Conhece as 3 ameaças mais comuns que podem prejudicar a segurança do seu Mac? Ou melhor, sabe como proteger seu Mac de hackers e aplicativos maliciosos?

Calma, todas estas perguntas sobre segurança do Mac tem respostas. Tivemos o cuidado de responder uma a uma neste artigo: Segurança do Mac: O Guia Prático do Usuário e Você é nosso convidado para acessar e aprender tudo o que você precisa saber sobre a (tão importante) segurança do seu Mac.

Também é importante ter um bom sistema de segurança, para isso acesse este material e conheça os melhores antivirus para Mac.

 

5. Calibre a Bateria (no caso de MacBooks)

Os Macs possuem um excelente mecanismo de gerenciamento de energia, tanto que as baterias possuem um processador individual que fornece a quantidade de energia que ainda resta. Mesmo com esta tecnologia ainda é necessário calibrar a bateria do seu Macbook pelo menos uma vez por mês.

  1. Clique Aqui Para Verificar o Estado da Bateria do seu Mac
  2. Clique Aqui Para Calibrar a Bateria do Seu Mac

 

 

Considerações Finais

Estas são apenas 5 das muitas dicas que podem fazer a diferença do desempenho e usabilidade do seu Mac. Porém, se você as fizer com frequência, com certeza a probabilidade de ter problema com seu computador cairá muito… Se ainda assim você desejar melhorar o desempenho do seu Mac, não deixe de ver este artigo. Nele eu explico como fazer isso em 5 dicas.

Espero que este artigo lhe seja útil, se você gostou não deixe de se inscrever em minha lista para receber dicas por email.

Sobre Paulo Alexandre

E-empreendedor, Consultor de tecnologia, Especialista Apple, Blogger,
criador do portal Tecnologia Pessoal e Blog do Super Apple.