Segurança Para Mac – O Guia Definitivo Do Usuário!

Conheça os principais pilares para você configurar a segurança para Mac – Mesmo que seja iniciante!

 

Sim, existem vírus e malwares para seu Mac. Essa não é uma notícia muito boa de se dar, mas infelizmente é verdadeira. A boa noticia é que vírus para Mac são menos comuns que vírus para Microsoft Windows.

 

Segundo os dados oficiais da Kaspersky, o número de ameaças para Mac, está aumentando a cada ano conforme demonstrado no gráfico abaixo:

Perceba que em 2018 foram 7.335.409 ataques ⚠️ Outro dado impressionante é que, geograficamente falando, o Brasil é o país mais sofreu ataques (26%), depois vem a India (20%) e França (17%).

Mas, não se preocupe, neste tutorial vamos de dar o “caminho das pedras”, com TODOS os passos que você precisa fazer para melhorar a segurança do seu computador Apple. Vamos lá?

 

 

Para quem preparamos este material

Embora em menor quantidade, a preocupação com esses vírus devem começar a ser prioridade para pessoas que pensam em segurança para Mac. É por isso que preparamos este material.

 

Se você usa um Mac e por algum motivo precisa proteger seus dados pessoais, fazer transações financeiras ou até confidenciais, com certeza vai gostar deste material.

 

Antes de começar!

Vírus e malwares NÃO SÃO os únicos perigos que os donos de Mac podem sofrer. É muito importante lembrar que existem dezenas (se não centenas) de golpes aplicados diariamente em usuários desavisados. Veja alguns:

 

  • Senhas vazadas;
  • Sites falsos;
  • Fraudes de apps e emails;
  • Roubo de dados;
  • E muito mais…

 

Mas será que você deveria se preocupar com isso? A resposta é NÃO, mas só se você seguir TODOS os passos deste tutorial. Por isso, continue lendo e aplicando, cada dica é fundamental para aumentar a segurança para Mac!

 

1. Segurança para Mac – Tudo o que você precisa saber

2. Como configurar a segurança do Mac – 10 Dicas básicas!

3. Mais segurança para Mac – dicas avançadas

4. Proteja seu Mac em público

Mão na Massa!

A partir de agora vamos por a mão na massa. Vale lembrar que estas dicas podem ser aplicadas por qualquer pessoa que tenha o mínimo de conhecimento no MacOs, sistema operacional do computador Apple.

 

 

Existe mesmo malware para Mac?

Infelizmente a resposta é sim! Por outro lado, o Mac é considerado um dos sistemas mais seguros do mundo. A questão aqui é: será que estamos configurando a segurança do Mac da forma correta?

É por isso que preparamos este material, não só para que possamos nos preparar, mas sobretudo ter os cuidados preventivos, que são fundamentais.

 

10 Dicas básicas para configurar a segurança do Mac – A 10ª é fundamental!

Veja agora a listagem com 10 dicas básicas que te ajudarão a melhorar a segurança do seu Mac. Vale lembrar que TODAS já foram testadas, e de um jeito ou de outro ajudaram muitas pessoas a melhorarem sua segurança.

 

1. Sim, atualização é importante

Ter um computador Apple com uma versão desatualizada do sistema é o mesmo que ir viajar e deixar a chave na porta da casa.

 

É fato que todo sistema operacional desatualizado pode conter erros e falhas de segurança que hackers, os famosos criminosos virtuais, podem utilizar para roubar seus dados pessoais, o que pode ser uma baita dor de cabeça. Não se esqueça de atualizar os aplicativos, que também podem expô-lo(a) a problemas de segurança no Mac.

Conforme mostrado na imagem acima, você pode acessar o Painel “Preferências do Sistema > Atualização de Software” para configurar a atualização automática no seu Mac. Se preferir nesta videoaula ensino como fazer esta atualização passo a passo!

 

 

2. Habilite o Firewall

É bem provável que seu Mac fique conectado na internet 24hs por dia. Teoricamente, é possível que qualquer pessoa má intencionada utilize um software automático que permita espionar seu Mac, instalando vários arquivos e ainda tendo o controle do seu equipamento.

Sua melhor forma de proteção é o Firewall, a famosa parede de segurança dos computadores. Para ativar o Firewall veja este tutorial: “Como Ativar o Firewall no Mac” 

 

 

3. Proteja seu Mac com senha de administrador

A senha do computador é a primeira barreira que uma pessoa má intencionada tem ao tentar invadir um Mac. Por isso é muito importante ter uma boa senha configurada no computador.

Segundo a Apple, Segurança para Mac é fundamental! Para alterar ou definir uma nova senha de administrador no seu Mac, siga os passos deste tutorial oficial Apple.

 

 

4. Desative o login automático

É bom ter uma senha forte, mas se você não usá-la de nada vai adiantar. Mesmo que seja chato ter que digitar sua senha de acesso toda vez que for iniciar no seu Mac, faça isso! O ideal é que a função “Inicio de sessão automático” esteja desativado, conforme a imagem abaixo.

 

Se você não sabe como desativar o login automático no Mac, veja o item quatro do tutorial “10 Dicas Para Manter Seu Mac Seguro”, material muito útil, inclusive para iniciantes que querem melhorar sua segurança!

 

 

5. Utilize senhas fortes

Crie senhas com pelo menos oito caracteres, sempre utilize letras e números, se puder também insira pelo menos uma letra maiúscula ou símbolo. Lembre-se de criar senhas diferentes para serviços da internet, ok?

Se você tem dificuldade de lembrar todas as senhas uma boa dica é criar um senha mestre e alterar o inicio ou o final dela ligando-a ao serviço em uso, por exemplo:

 

Uma senha única “P23eR5%” ficaria “P23eR5%sub” caso seja utilizada no Submarino ou “P23eR5%sar” se fosse utilizada na Saraiva. Se você deseja utilizar essa senha para inicio de sessão no seu Mac ficaria assim “P23eR5%mac”. Neste caso utilizamos os 3 primeiros caracteres do serviço, mas você pode utilizar sua própria lógica!

 

6. Instação de Apps somente se for de fonte confiável

Muitos pessoas que usam Mac tem tido dificuldades na instalação de aplicativos. De fato, instalar aplicativos no Mac é bem diferente de instalar aplicativos no Windows. A começar pela extensão, que enquanto no Windows é .EXE no Mac é .DMG. 

Outro fator que devemos considerar é a origem dos apps, que podem ser maliciosos e sim, infectarem seu Mac com vírus ou arquivos ruins. Para ajudar, publicamos uma material + videoaula ensinando com instalar apps no Mac da forma correta. Clique aqui para ver o tutorial “Como Instalar Apps no Mac da Forma Correta”

 

7. Faça a proteção do microfone e câmera

Já foi constatado que a câmera do Mac já foi “invadida” por hackers, inclusive através de softwares ditos confiáveis. Nesta matéria você pode ver mais detalhes

 

Não basta confiar somente na pequena luz verde, que é acesa sempre que a câmera é ativada. Mas a verdade é que ela não garante nada, uma vez que os hackers sabem como ativar a câmera sem ativar a luz indicadora. Neste caso você pode instalar o OverSight, app que “rastreia” as atividades da câmera e microfone do Mac.  Ou se preferir, você pode anular esses recursos do seu Mac colocando uma pequena fita isolando na câmera. 

Agora, se você quer ir um pouco além, já existem adesivos inteligentes, que permitem fechar ou abrir a câmera sempre que você quiser. Veja no video abaixo:

 

 

Pode ser que você queira desativar totalmente o microfone integrado do seu Mac, mas infelizmente isso não é tão fácil. Neste caso a fita não é uma solução, pois não vai bloquear totalmente o som. Felizmente, as configurações do seu navegador podem ajudar a impedir que sites assuma controle da sua câmera e microfone. Onde localizá-las:

 

Google Chrome:

  • Preferências > Avançado > Privacidade e segurança > Configurações de conteúdo > Câmera (ou microfone)

Safari:

  • Preferências > Sites > Câmera (ou Microfone)

 

 

Não deixe os sites usarem sua câmera ou microfone para espioná-lo.

 

8 Mantenha um backup atualizado

Em nosso dia-a-dia há várias tarefas chatas, e com certeza o Backup do Mac é uma delas!

 

Infelizmente, NÃO fazer backups é um mau hábito que pode custar muito caro, principalmente quando dados importantes estão em um aparelho perdido, quebrado ou até roubado.

 

Quando faço um atendimento, seja ele online ou presencial, a primeira pergunta que faço é: Você já fez o backup hoje? Na maioria das vezes a resposta é NÃO, infelizmente. Para ajudar, gravei uma videoaula ensinando os passos básicos e avançados para fazer backup do Mac, espero que ajude:

 

9. Utilize as ferramentas de segurança do navegador

Os navegadores web mais utilizados atualmente já incluem recursos de segurança que te ajudarão a se manter seguro online. Essas ferramentas estão integradas ao navegador e podem bloquear popups (irritantes diga-se por sinal), enviar somente solicitações autorizadas a sites, desativar conteúdo inseguro do Flash, impedir downloads perigosos e controlar quais sites podem acessar sua webcam, microfone, etc.

Pare por um momento e examine suas configurações. Para localizá-las:

Safari: 

  • Preferências > “Segurança” e  “Privacidade”

Google Chrome:  

  • Configurações > Avançado > Privacidade e segurança

Edge: 

  • Configurações > Configurações avançadas

Firefox:

  • Opções > Privacidade e segurança

 

10. Utilize um bom sistema de segurança – + Segurança Para Mac 

Fazer todas essas configurações focadas na segurança do Mac, é muito importante. Mas de nada vai adiantar se você não tiver um bom sistema de segurança.

Instalar um bom antivirus no Mac, mesmo que seja gratuito, pode ajudar a prevenir alguns problemas comuns como adwares aquelas pop-ups insuportáveis, roubo de dados ou captura de dados digitados no teclado. Para ajudar publicamos um material mostrando os “6 Melhores Antivirus Para Mac”, com certeza você vai gostar!

 

 

Mais segurança para Mac – 2 Dicas avançadas

Como NÃO poderia deixar de ser, também pensamos na segurança mais avançada para o Mac. Se você já aplicou TODAS as dicas anteriores e chegou até aqui, com certeza vai gostar!

 

1. Ative a criptografia no seu Mac

Se você tem arquivos e dados confidenciais no seu computador, talvez queria protege-los de forma mais funcional. Neste caso, é recomendado que você ative a criptografia com o FileVault. 

O FileVault permite criptografar suas pastas pessoais, dividindo este conteúdo em várias partes que não podem ser lidos separadamente. Desta forma de você perder ou roubarem seu computador, o ladrão não conseguirá acessar nenhuma informação pessoal sua. Para ativar a criptografia no seu Mac siga os passos deste Tutorial oficial.

Aqui vale lembrar que em alguns casos o Mac tende a ficar lento, principalmente em computadores mais antigos, então avalie se realmente vale a pena para você ok?

 

2. Proteja seus documentos mais importantes com senhas

Outra boa opção é proteger seus arquivos mais importantes com senha. No caso dos aplicativos da suite Apple, você pode bloquear seus documentos com senha. Para saber como, acesse este material que publicamos aqui no blog: Como configurar senha de proteção em documentos do iWork

Esta configuração vai ser muito útil, principalmente se você utiliza seu Mac em uma rede com pastas compartilhadas. Fica a dica 😉

Aprenda como protejer seu Mac em público

Mais algumas sugestões que podem ajudar, não só na segurança, mas também na privacidade.

 

1. Configure o FindMyMac

Ative o FindMyMac, mesmo que você nunca tire seu computador de casa. Isso por que, se você perder ou roubarem seu computador, poderá localizá-lo e bloqueá-lo! Coisa que o ladrão não vai vai gostar muito, pois não conseguirá utilizá-lo. Clique aqui para saber como configurar

Com o FindMyMac ativado, você vai conseguir ver seu Mac dentro de um Mac.

 

A dica aqui é, configurar uma conta de usuário convidado! Isso vai fazer com que o ladrão se conecte à internet fazendo  com que seu computador seja facilmente encontrado!

 

2 Use uma VPN (rede privada virtual)

Se você for utilizar uma rede pública, usar uma VPN se faz muito necessário! Essa é a melhor forma de criptografar toda a sua conexão de internet, protegendo a sua navegação de forma prática e rápida. 

 

Você sabe o que uma VPN pode fazer por você? são basicamente 3 funções muito importantes:

 

  1. Proteger sua privacidade online: impedindo que órgãos governamentais, hackers e provedores de internet tenham acesso visual a tudo que você faz online;
  2. Proteger seus dados: Criptografa ABSOLUTAMENTE tudo o que entra e sai do seu Mac, desta forma, ninguém conseguirá ler ou acessar suas informações pessoais;
  3. Desbloquear sites com restrição geográfica: Alguns países proíbem o acesso a sites e serviços de outros países. Suponha que você queria assistir um seriado quando estiver fora do seu país? Uma VPN pode disfarçar sua localização, assim você conseguirá acessar o que deseja em qualquer lugar do mundo.

 

Quer instalar uma boa VPN no seu Mac? Acesse este link e baixe AGORA

 

3. Compre uma trava de computador, (física sim)

Você só fez uma pausa para tomar um café, mas isso é mais do que suficiente para que uma pessoa má intencionada roube seu Macbook, e até o iMac, em casos dos mais ladrões mais ousados. Neste caso, o recomendado é que você utilize uma trava de computador, feita exclusivamente para Mac.

 

 

A trava de computador funciona da mesma forma que uma trava de bicicleta. Tudo bem que os ladrões podem utilizar uma ferramenta ou outra para cortar o cabo de aço, mas isso no mínimo vai atrasa-los, o que pode ser bom para você. Felizmente você pode encontrar várias opções no Brasil e fora do Brasil, basta dar um Google : ) Se quiser uma sugestão, eis uma boa opção de trava aqui!

 

 

4. Use uma película de privacidade na tela do seu Mac

Pode ser que a pessoa sentada ao seu lado no café seja um pouco curiosa. infelizmente isso pode ser bem comum, então por que não evitar que consigam ver a sua tela? Pois é, neste caso instalar uma película de privacidade pode ser uma boa opção!

A película de proteção, funciona como a tela de um caixa eletrônico, ou seja, somente quem está exatamente na frente da tela pode ver as informações.

 

Considerações finais

Espero que este material seja muito útil para você! Se você conseguir aplicar as dicas aqui apresentadas, com certeza estará mais seguro do que a maioria das pessoas que usam o Mac em seu dia a dia.

 

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com sua rede de contatos e siga-nos nas redes sociais, que podem ser encontradas nesta página.

 

No mais, só tenho a agradecer por ter chegado até aqui : ) Nos vemos na próxima!

Conheça os 6 Melhores Antivirus para Mac – O 5º é o preferido!

Seu guia com os 6 melhores antivirus para melhorar a segurança sem afetar o desempenho do seu Mac.

 

Se você tem um Mac e as vezes se pergunta se ele precisa de um antivirus, veio ao lugar certo!  Neste artigo vamos te mostrar os 6 melhores antivirus para MacOS em 2019. 

 

Por que 6 e não 7 ou 10 melhores antivirus para Mac? A resposta é simples, nos testes realizados, estes foram os que se saíram melhor, por isso considere isto antes de baixar seu antivirus no Mac ok?

 

Se preferir, pode avançar até os tópicos com os nomes dos antivirus para Mac. Se você quiser mais informações sobre segurança e se o Mac realmente precisa de antivirus, continue lendo este artigo, nele você vai aprender tudo o que precisa saber para manter seu Mac seguro de virus e outras pragas da internet.

 

antivirus mac

Para quem preparamos este material

Escrevemos este artigo para ajudar usuários de Mac a manterem seus equipamentos mais seguros. Se você se identifica com pelo menos um dos perfis abaixo, leia este artigo até o fim.

 

  • Pessoas que querem proteger seus arquivos e pastas armazenados no Mac
  • Pessoas que realizam transações financeiras através de sites de bancos e aplicativos.
  • Pessoas que precisam navegar na internet com segurança, seja em casa, no trabalho ou em redes de locais públicos como cafés e aeroportos.

 

Respondendo algumas perguntas sobre segurança do Mac

Você sabe responder se o Mac pega vírus? Você conhece as 3 ameaças mais comuns que podem prejudicar a segurança do seu Mac? Ou melhor, como proteger seu Mac de hackers e aplicativos maliciosos?

 

Calma, todas estas perguntas sobre segurança do Mac tem respostas. Tivemos o cuidado de responder uma a uma neste artigo: Segurança do Mac: O Guia Prático do Usuário e Você é nosso convidado para acessar e aprender tudo o que você precisa saber sobre a (tão importante) segurança do seu Mac.

 

Melhores antivirus para Mac

Qualquer software de segurança precisa ser capaz de impedir que um malware se instale no computador, com o Mac não poderia ser diferente. Mas a segurança é só a metade da história, para que um antivirus para Mac funcione corretamente ele também precisa ser leve e discreto. Características que os antivirus abaixo tem em comum, diferentes de alguns antivirus gratuitos, que além de não proteger totalmente seu Mac também o deixam lento.

Abaixo veja os 5 melhores antivirus para Mac:

 

1. AVG for Mac 

Em pesquisas recentes, apenas 4 dos antivirus testados conseguiram detectar 100% dos malwares instalados no computador, o AVG foi um deles.

Assim como vários outros antivurs para Mac, o AVG também oferece uma versão gratuita, porém com capacidades limitadas. A versão PRO, inclui a proteção TOTAL.

Clique para conhecer mais sobre o AVG para Mac.

 

 

 

2. Norton Security for Mac

A Symantec, desenvolvedora do Norton tem alguns usuários apaixonados e outros nem tanto. O fato é que em alguns casos o Norton pode deixar o Mac lento. Eu não atribuiria o problema diretamente a ele, mas sim ao excesso de informações/aplicativos que já estavam no Mac mas com a chegada no Norton no sistema o problema aconteceu. Seria como a cereja do bolo : )

De qualquer forma o Norton ainda é um dos melhores antivirus para Mac.

Clique aqui  instalar o Norton para Mac

 

3. Kaspersky

Além de ser muito com na captura de virus para Mac, o Kaspersky também é otimizado para o sistema do Mac, ou seja, ele ainda manter a performance do seu computador.

O legal é que você pode testar o Kaspersky por 30 dias no seu Mac.

Clique aqui para instalar o Kaspersky antivirus para Mac

 

4. Avira 

Embora gratuito o Avira é um excelente na captura de virus no Mac. Ele manterá seu Mac seguro e de graça. A parte ruim é que ele afeta diretamente no desempenho do Mac, exceto se você comprar a versão completa ?

Clique aqui para instalar o Avira Mac

 

5. ESET – Meu preferido!

Conforme falei no título do artigo, esse /e o que eu mais gosto. Embora pouco conhecido aqui no Brasil, ele tem um grande número de usuários nos EUA. Com o ESET, você pode proteger seus dados pessoais bem como o acesso a transações eletrônicas, como bankline por exemplo através do Internet Security.

A boa noticia é que o ESET NÃO deixa seu Mac lento, legal né?

Clique aqui para instalar o ESET no seu Mac

 

6. Avast

Este é outra boa opção para quem desejar proteger 100% do Mac. Algumas pessoas relataram que o Avast deixou o Mac lento, por aqui não foi o caso. Os Macs continuam 100%, assim como o resultado do Avast Mac : )

Clique aqui para instalar o Avast

 

 

Considerações Finais

Fizemos questão de pesquisar os melhores antivirus para Mac em 2017. Este foi o resultado. Se você gostou deixe seu comentário abaixo!

Esperamos que as dicas sejam úteis : )

Forte abraço e até a próxima!

 

 

Seu Mac faz muito mais..

6 Dicas de Segurança Para Quem Utiliza Wi-Fi Público com o iPhone, iPad e Mac

+ Segurança no wi-fi público com o iPhone, iPad e Mac!

 

Embora façamos de conta que não, lá no fundo sabemos que usar um conexão de internet em lugar público é muito arriscado!

Muitas vezes ignoramos e seguimos conectados como se não houvesse amanhã ? É muito comum ouvirmos: “Problemas de segurança só acontece com os outros, comigo não” ou “não tenho nada para esconder”…

Fato é, precisamos nos proteger, mas as vezes, não há outra opção senão usar uma rede Wi-Fi gratuita, aberta e não segura. Nesse caso, o que você faz? É por isso que preparamos este material para você : )

 

Para quem preparamos este material

Para pessoas que utilizam o Macbook, iPhone e/ou iPad em locais públicos. Se você tem um desses equipamentos e costuma utiliza-los em cafés, shoppings e ambientes não muito seguros, veja este tutorial até o fim!

 

Mas antes, o que você precisa saber…

 

Em primeiro lugar, você não deve usar uma rede Wi-Fi aberta sem algum tipo de segurança. É muito fácil de entrar e monitorar todo tipo de atividade com um Wi-Fi aberto, isso inclui sua navegação nas redes sociais, o envio de emails e até suas transações financeiras. Então, antes de se conectar a esse Wi-Fi gratuito naquele café, aqui estão os passos que você deve seguir e as coisas que você deve saber.

 

1. Coisas que você NUNCA deve fazer em um Wi-Fi Público  

Se sua única opção é se conectar no Wi-Fi público e não possui medidas de segurança no seu Mac, iPad e iPhone, aqui vão alguns cuidados que você deve tomar:

  • Não faça compras on-line ( em hipótese alguma!)
  • Não faça login em suas contas bancárias ou insira qualquer de seus detalhes do banco ou cartão, em qualquer forma ou formulário. Se o site exigir dados pessoais, ou vai expor os dados pessoais à rede, não visite esse site.
  • Quando você tem que verificar a sua conta bancária ou fazer compras on-line quando estiver viajando, é aconselhável fazê-lo usando sua conexão de dados celulares 3 ou 4G (no seu iPhone ou iPad ou se conectando ao acesso pessoal no seu iPhone).

 

2. Use um serviço de VPN

Usar um serviço de VPN é a forma mais fácil de proteger suas atividades na internet de todos os olhos maliciosos e atentos, incluindo ataques do hackers no meio da sua conexão. Instale o aplicativo VPN do serviço em seu iPhone, iPad e Mac e não esqueça de habilita-los (para dispositivos iOS, você precisará ativar um perfil para o serviço em Configurações).

Quando você ativar o serviço de VPN todo seu tráfego na internet será criptografado e encaminhado através de uma rede segura (os servidores do serviço VPN que você está usando) e alguém que esteja tentando te monitorar não poderá espiar.

Mas é claro, o nível de segurança que você precisa depende do tipo de serviço VPN que você usa.

Geralmente, é aconselhável usar um serviço VPN pago e que não mantenha nenhum registro armazenado. Evite utilizar um serviço gratuito não confiável, em vez de alguém observá-lo, os próprios servidores VPN podem ser o problema que está tentando evitar.

Se você simplesmente não pode pagar, recomendamos usar TunnelBear. O plano gratuito pode ser suficiente para quando deseja fazer uma compra segura. Para um serviço totalmente gratuito, vale a pena visitar.

Se você procura algo mais completo, recomendamos estes dois serviços de VPN:

Uma das vantagens do uso de uma VPN é que você pode ter uma conexão de proxy de um país totalmente diferente. Então, você pode ativar e usar sites e recursos que não estão disponíveis no Brasil. Por exemplo, você poderá assistir vídeos do YouTube bloqueados aqui ou ouvir o Spotify, mesmo que no Brasil não seja suportado.

 

3. Visite apenas sites com HTTPS

Todos os sites que abrem em HTTPS são mais seguros que os que abrem em HTTP,  isso por que possuem conexão criptografada. Para navegar e ler artigos na internet, visitar um site HTTP sem problemas, mas se você estiver interagindo com ele de qualquer forma ou criando uma conta, fazendo compras, verifique se o site é HTTPS. Com certeza isso fará toda a diferença : )

 

4. Utilize a autenticação de dois fatores

Quando você habilita a Autenticação de 2 Fatores para um serviço, vai precisar de duas coisas para fazer o login nos serviços que está utilizando – algo que você já conhece (sua senha) e um código de acesso, normalmente enviado por SMS ou email.

Recomendamos que você ative a Autenticação de 2 Fatores para serviços importantes que possuem seus dados pessoais ou bancários, podem ser o Google, Facebook, iCloud e assim por diante. Desta forma, mesmo que alguém descubra sua senha, não poderão acessar seus dados sem o código que só você tem acesso!

 

5. Desative a conexão automática em redes wi-fi abertas

Para a sua conveniência, a Apple incluiu um recurso que permite ao seu Mac, iPad e iPhone se conectarem automaticamente em redes abertas. Este é um recurso muito útil, principalmente quando você está em casa ou no trabalho. O problema, é quando você se conecta a uma rede aberta não-segura, sem querer.

Você pode desabilitar o Wi-fi sempre que estiver em algum local aberto. Além de proteger seu Apple, também vai ajudar a economizar a bateria.

Se você já se conectou a alguma rede wi-fi pública, pode esquece-la clicando no pequeno “i” depois “Esquecer Esta Rede”

 

Além disso, na seção Wi-Fi em Configurações, habilite a opção Pedir para se juntar redes. Isso impedirá que seu iPhone ou iPad se conecte automaticamente a redes abertas. No Mac, você encontrará a mesma opção em Preferências do Sistema > Rede.

 

6. Se aprofunde no assunto!

O tema segurança, é um dos mais acessados aqui no Blog. Inclusive abaixo te oferecemos mais 2 artigos, com conteúdo premium para ajudar nas suas demandas de segurança, esperamos que sejam úteis:

 

Considerações finais

Estas foram apenas algumas dicas! Aplique-as depois nos diga como elas te ajudaram a ter mais segurança ao navegar na internet utilizando seu Mac, iPAd e iPhone em redes abertas e gratuitas!

Falha de Segurança no Wi-Fi Pode Afetar Mac, iPad e iPhone

Ontem (16/10), o mundo da tecnologia foi pego de surpresa. Pesquisadores descobriram uma falha grave no sinal de Wi-Fi que utiliza o protocolo WPA2. Só para você ter uma idéia, a maioria dos nossos roteadores utiliza este protocolo.

Todos os equipamentos conectados na rede Wi-Fi podem ser afetados com esta vulnerabilidade, que foi chamada de KRACK.

Como funciona esse ataque?

A lógica é a seguinte: Seu Mac e iPhone se conectam ao roteador sem fio e estabelecem uma comunicação.

Tecnicamente falando, essa comunicação se dá em 4 etapas, que resumindo é uma série de ações entre o Mac/iPhone e o roteador, que acontece sem que notemos. O problema está em uma dessas etapas, mais precisamente na 3ª.

 

Meu Mac, iPhone e iPad é vulnerável?

Infelizmente sim! Na verdade, não importa muito qual é a marca  ou sistema operacional do seu dispositivo. Se ele se conecta no Wi-Fi, provavelmente estará utilizando o protocolo WPA2.

 

Qual risco dessa vulnerabilidade?

É pelas redes Wi-Fi que circulam algumas de nossas informações mais pessoais. São Fotos, informações bancárias, senhas…  e tudo o que estiver trafegando sem criptografia pode ser interceptado por alguém que use essa brecha com más intenções.

 

 

Tenho chance de ser atacado? Como me proteger?

Felizmente, a chance é baixa. Para que esse ataque seja bem sucedido, você precisará estar conectado na mesma rede Wi-Fi. É pouco provável que você esteja em risco em casa, mas fique muito atento às redes públicas.

 

Mas, como ficar sem Wi-Fi?

Pois é, infelizmente para muitas pessoas isso não dá! Neste caso, recomendamos esperar as atualizações de segurança vindas da Apple. Mantenha todos os seus aparelhos atualizados, isso deve ajudar! Enquanto seu aparelho não está atualizado, vale a pena evitar redes Wi-Fi públicas.

 

Quais outras medidas posso tomar?

Utilize serviços de VPN, que são boas medidas de segurança. Eles permitem que você navegue de forma mais segura em redes Wi-Fi públicas, criptografando todo seu tráfego. Esse serviço aqui é uma boa opção

Segurança do Mac: O Guia Prático do Usuário

 

Você já se perguntou se está seguro utilizando o seu Mac? Você se preocupa com a segurança das suas informações guardadas no seu Mac? Sabe o que fazer para evitar que seu Mac seja alvo de vírus ou de algum hacker?

 

Continue lendo que iremos te ensinar todas as medidas de segurança que você precisa adotar para se manter seguro utilizando seu Mac!

 

Outra leitura obrigatória é o tutorial “10 Dicas Para Manter Seu Mac Seguro” que pode ser acessado clicando aqui

 

Para quem preparamos este material

Escrevemos o artigo “Segurança do Mac: O Guia Prático do Usuário” para todos os usuários de Mac, com conhecimento iniciante ou intermediário que desejam utilizar o seu Mac com segurança. 

 

Pensamos naqueles que querem manter os seus arquivos longe de vírus ou programas maliciosos, e evitar que os seus dados financeiros e senhas sejam roubados por hackers ou por acessos indevidos e para aqueles que desejam navegar pela internet com segurança tanto em casa, trabalho ou locais públicos. Em resumo, são eles:

 

  • Pessoas que querem proteger seus arquivos e pastas armazenados no Mac
  • Pessoas que realizam transações financeiras através de sites de bancos e aplicativos.
  • Pessoas que precisam navegar na internet com segurança, seja em casa, no trabalho ou em redes de locais públicos como cafés e aeroportos.

 

 

Mac Pega Vírus? 

O Mac geralmente é considerado um sistema seguro e há alguns motivos para que isso seja verdade, como por exemplo o Mac OS ser baseado em Unix que possui uma série de medidas de segurança em seu código e dos vírus e hackers preferirem atacar computadores com Windows por haver um número maior de usuários, mas ainda assim existem alguns programas maliciosos que afetam o Mac e é uma lenda que Mac não pega vírus.

 

Além dos fatos acima a Apple ainda implementou no MacOS diversas funcionalidades que tornam mais difícil para que hackers e programas maliciosos consigam invadir o sistema e acessar as suas informações. Entretanto, como houve um crescimento de usuários utilizando Macs, iPhones e iPads, também cresceu o interesse de hackers em escrever códigos maliciosos para Mac.

 

Infelizmente sim, o Mac pode pegar vírus 

Apesar de possuir uma quantidade muito inferior de vírus e malwares do que o Windows, o Mac ainda pode ser infectado e os tipos mais comuns de ataques ao Mac vão desde vírus “inofensivos” como o MacInstaller que fazem propagandas aparecerem encaminhando você para um site malicioso, até algumas versões mais perigosas como o CoinThief que rouba dados de operações financeiras e números de cartões de crédito e informações bancárias.

 

Tem também, aqueles mais “pesados” como o KeRanger que é capaz de sequestrar o seu equipamento onde na tela aparece apenas um valor e uma conta em que você tenha que depositar dinheiro para conseguir utilizar o seu Mac novamente.

 

Outro ponto importante que devemos ficar atentos é ao instalar programas no Mac, um dos maiores vírus para Mac estava justamente camuflado de anti vírus, e chamava-se MacDefender. Quem costuma fazer downloads pelo Mac também já deve ter deparado com uma mensagem de um anti vírus chamado MacKeeper, não aconselhamos a utilização desse anti vírus pois já foi noticiado que muitos usuários tiveram problemas ao instalar esse anti vírus e a empresa que fornece esse anti vírus também não possui suas intenções muito claras.

 

 

3 Ameaças mais comuns que podem prejudicar a segurança do seu Mac

Apesar de todas ameaças que já mencionamos todas elas possuem algo em comum, todas elas precisam do seu clique para infectar o seu Mac, portanto antes de lutarmos contra um inimigo precisamos conhece-lo. Agora vamos mostrar os tipos mais comuns de ameaças e como você pode se proteger de cada uma delas.

1. Trojan

 

O que é? O Trojan ou Cavalo de Tróia é um programa malicioso que é instalado em seu computador junto com algum outro aplicativo. As versões mais comuns são os Keyloggers, que são programas que são instalados com o objetivo de roubar senhas e informações do computador infectado, e os Backdoors,  que são responsáveis por liberar acesso para que Hackers consigam invadir o sistema.

 

Como me defender? Tome cuidado com os aplicativos que você instala em seu Mac, utilize a App Store ou fontes confiáveis como por exemplo o MacUpdate. Além disso a própria Apple já possui uma própria função do Mac Os que irá pedir a sua permissão toda vez que abrir um aplicativo de uma fonte não identificada (lembra que no tópico anterior eu mencionei que a Apple dificulta o acesso de programas maliciosos?).

 

Para garantir que o seu Mac irá instalar e abrir apenas programas de fontes confiáveis verifique as suas configurações em: Preferencias do Sistema > Segurança e Privacidade > Na aba “Geral” verifique se a opção selecionada que permite o download de aplicativos da App Store ou da App store e desenvolvedores conhecidos.

 

2. Adware

O que é? Adware são programas que exibem propagandas e anúncios sem a sua autorização deixando o seu computador mais lento e diminui a velocidade da sua conexão de internet. Além desse incomodo muitos adwares ainda podem infectar o seu Mac com um Spyware, que é um vírus que transmite as suas informações para anunciantes ou hackers como por exemplo dados do seu email e ainda podem transmitir SPAM para os contatos do seu email infectando o computador dos seus contatos.

 

Como me defender? A melhor forma de se defender de um Adware é não clicar em links que você não confia e não abrir sites desconhecidos.

 

Outra forma nativa de proteção do Mac é você bloquear os Pop Up e deixar que o Mac que te avise quando você entrar em um site não confiável. Para isso você deve entrar no Safari e no menu da barra superior clicar em Safari > Preferencias > Segurança e selecionar as caixas de Bloquear Pop Up e Avisar quando entrar em um site fraudulento.

 

3. Phishing

O que é? Phishing é uma prática fraudulenta que consiste em roubar informações através de emails falsos e páginas de internet falsa. Esse tipo de ameaça é muito comum das pessoas cairem pois os emails e as páginas são muito semelhante as vezes chegando a ser cópias idênticas dos originais, com a única diferença do endereço do site ou do email que não é igual.

 

Como me defender? A melhor forma de se defender contra um Phishing é desconfiar de todos os links que te mandam, verifique sempre o endereço do link, por exemplo, quem nunca recebeu um email estranho de banco pedindo para atualizar os dados? Antes de clicar no link verifique se o email veio mesmo do banco ou de uma conta do gmail, hotmail… ou outro email gratuito, verifique também o endereço do site do link, a maioria de sites que utilizam essa prática não possuem a extensão .com.br em seu endereço. E por fim se ficar em dúvida ligue para o banco ou para o amigo que enviou um email com um link pedindo para você abrir e verifique se foi o mesmo que enviou.

 

É claro que existem outros tipos de ameaças que podem infectar o seu Mac, mas essas três que listamos são as mais comuns e também as que os usuários costumam ser mais atacados frequentemente.

 

 

Como proteger o meu Mac

Se você ficou preocupado ao ler sobre essas ameaças que podem infectar o seu Mac, pode ficar mais tranquilo, o MacOS é um dos sistemas mais seguros que existem atualmente, e como você já percebeu, a própria Apple está preocupada com a segurança dos seus usuários e possui muitos mecanismos de defesa. Agora nós iremos apresentar alguns recursos que já vem em todos os Macs e que ajudam aumentar a sua segurança.

 

Gatekeeper

O Gatekeeper é uma ferramenta do MacOs que permite que apenas aplicativos de fontes confiáveis sejam instaladas no seu Mac. Todo desenvolvedor que pretende criar algum aplicativo para Mac precisa possuir um ID, e este ID é informado em todos os programas que ele desenvolver, isso permite que a Apple reconheça quais aplicativos são confiáveis. Se você quiser instalar um aplicativo de uma fonte não confiável o MacOs irá fornecer um aviso e você terá que alterar as suas configurações de segurança para instalar o aplicativo de uma fonte desconhecida.

 

Para acessar as configurações de segurança basta entrar em Preferencias do Sistema > Segurança e Privacidade > Na aba “Geral” verifique se a opção selecionada que permite o download de aplicativos da App Store ou da App store e desenvolvedores conhecidos.

 

FileVault

O FileVault é a melhor maneira de deixar os seus dados protegidos. Ao ativar o FileVault os dados do seu Mac serão criptografados, ou seja, eles ficarão ilegíveis para quem não possuir a “chave”, então mesmo que o seu Mac seja roubado os seus dados não poderão ser lidos por quem quer que seja que não possuir a chave de criptografia do seu Mac.

 

Além de manter os dados que estão dentro do seu Mac criptografados, ele ainda permite que mesmo se esses dados foram extraídos do Mac por algum pen drive, hd externo ou backup do time machine por exemplo, eles ainda estão seguros e com a criptografia em que apenas você sabe a chave de acesso.

 

Para ativar o FileVault  basta entrar em Preferencias do Sistema > Segurança e Privacidade > Na aba “FileVault” e clicar no botão de ligar o FileVault.

 

SuperDicaTome cuidado ao ativar o FileVault, se você perder a senha e a chave de recuperação os seus dados serão perdidos e nunca mais você conseguirá acessa-los.

 

FireWall

Outro recurso de segurança que já vem nativo no Mac é o FireWall, com ele você evita que hackers consigam invadir o seu Mac sem a sua autorização.

 

Para ativar o FireWall do seu Mac você precisa entrar em Preferencias do Sistema > Segurança e Privacidade > Na aba “Firewall” e clicar no botão de ligar o FireWall.

 

SuperDica: Ao ativar o FireWall alguns programas do seu Mac podem entrar em conflito com o FireWall, para resolver esse problema basta entrar nas configurações do FireWall e permitir os aplicativos que podem utilizar conexões externas com o seu Mac.

 

 

 

Boas práticas para garantir a segurança do Mac

Apesar do Mac OS ser um sistema muito seguro ele ainda pode estar vulnerável à algumas falhas de segurança que hackers podem explorar para tentar infectar o sistema, portanto elaboramos 5 hábitos que você deve adotar para manter o seu Mac sempre seguro.

 

1.Mantenha o seu Mac sempre atualizado

Verifique constantemente se há alguma atualização do sistema, em muitas dessas atualizações a Apple corrigi falhas de segurança que foram detectadas deixando o seu Mac mais protegido.

 

2. Cuidado ao encaminhar emails

Sempre que for encaminhar um email que você recebeu com anexos tome cuidado pois você pode estar propagando algum vírus, mesmo que o seu Mac não tenha identificado, o anexo ainda pode ser um vírus que afeta os PCs com Windows dos seus amigos e familiares.

 

3. Recorra a proteção extra

Instale antivirus de empresas de proteção para se certificar ainda mais que o seu Mac está seguro, se você costuma realizar transações financeiras pela internet é aconselhável que você também instale um Internet Security para se manter protegido e evitar maiores problemas futuros. Para conhecer os 6 melhores antivirus para Mac clique aqui!

 

4. Utilize senhas fortes

Tenha o costume de criar senhas fortes para todos os programas e sites que possuírem senha. As senhas fortes são aquelas que possuem mais de 8 caracteres e que incluem números, letras maiúsculas e minúsculas e caracteres especiais e símbolos como por exemplo arroba, cifrão…etc.

 

5. Verifique as opções de privacidade do seu Mac

Verifique as opções de privacidade do seu Mac e da sua navegação na internet. No Safari clique em Safari > Preferencias > Privacidade e configure as opções de cookies e localização da maneira que se sentir mais seguro.

 

Para verificar as opções de privacidade no Mac Os, clique em  Preferencias do Sistema > Segurança e Privacidade > Na aba “Privacidade” e no botão Avançado. Configure as opções de log out automático por inatividade e acesso ao sistema de acordo com as suas preferencias de segurança.

 

Considerações Finais

Como vocês puderam constatar ao longo desse artigo o  Mac Os é um dos sistemas operacionais mais seguro da atualidade e a Apple está realmente interessada em manter o sistema seguro. Apesar de ainda ser suscetível à vírus e outras ameaças a maioria das ameaças para Mac dependem que você aceite que o seu Mac seja infectado, pois sempre que o Mac Os encontrar algo que não está seguro, ele irá te avisar e até mesmo bloquear o acesso de programas maliciosos em partes críticas do sistema.

 

A  melhor forma de manter o seu Mac seguro é estar atento para qualquer irregularidade e ler atentamente todas as mensagens antes de apertar “OK”. Espero que esse artigo tenha ajudado você a tirar as suas dúvidas sobre segurança no Mac, se você ainda tiver alguma questão que não foi esclarecida nesse artigo deixe a sua pergunta nos comentários que iremos te ajudar!